• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Amianto: proibio, uso controlado ou imobilizao?
País: Brasil
Fonte: Ambiente Brasil
Data: 6/2003
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
O amianto ou asbesto uma fibra mineral natural que pertence ao grupo dos silicatos cristalinos hidratados. Asbestos tm origem grega e significa "incombustvel". A palavra amianto de origem latina (amianthus) e quer dizer "incorruptvel". As duas palavras so sinnimas, porm o termo amianto mais empregado nos pases de lnguas neolatinas, entre eles o Brasil. Os cientistas acreditam que o amianto foi formado na Pr-Histria, numa fase secundria da formao da crosta terrestre. Nesse perodo, rochas de silcio (como a peridotita, composta por magnsio, slica e ferro) foram alteradas fisicamente e pela presso, pelo calor e pela gua que lentamente infiltrava na superfcie. Associada ao magnsio e slica, a gua transformou a rocha hospedeira no que se chama de serpentina mineral. Este cristalizou-se nas fendas da rocha-me, formando veios de fibras paralelas, com 1 a 40 mm de comprimento. As variedades de amianto desses dois grupos apresentam composies qumicas, caractersticas fsicas e propriedades semelhantes, embora tambm distintas tanto nas aplicaes como nos riscos sade. As serpentinas tm como principal variedade a crisotila (que, em grego, significa "fibra de ouro"). Tambm conhecida como amianto branco, essa variedade corresponde cerca de 98,5% de todo amianto consumido no mundo. Suas fibras so curvas e sedosas. Os anfiblios so fibras duras, retas e pontiagudas. Agrupa-se em cinco variedades principais: amosita (amianto marrom), crocidolita (amianto azul), antofilita, tremolita e actinolita. Do ponto de vista econmico, os dois primeiros so os mais importantes. Muito utilizados at os anos 70, atualmente esto em desuso, por causa de seus efeitos sobre a sade. Hoje, o amianto marrom e o amianto azul representam menos de 2% do consumo mundial, tm sua produo localizada na frica do Sul e seu uso est praticamente em extino. Alm de ser um material relativamente barato e de fcil extrao, a estrutura fibrosa do amianto confere a ele propriedades fsicas e qumicas especiais, que o torna virtualmente indestrutvel. Caracteriza-se por possuir propriedades que se destacam quando comparadas com outros materiais: alta resistncia mecnica (comparada ao ao); elevada superfcie especfica, a qual indica o grau da abertura do material; incombustibilidade; baixa condutividade trmica; resistncia a produtos qumicos, particularmente estvel em diferentes valores de pH; capacidade de filtrar microorganismos e outras substncias nocivas; boa capacidade de filtragem; boa capacidade de isolao eltrica e acstica; elevada resistncia dieltrica; durabilidade, resistindo ao desgaste e ABraso; flexibilidade; afinidade com cimentos, resinas e isolantes plsticos; parede externa de carter bsico e compatvel com a gua e facilidade para ser tecido ou fiado. Por conta destas propriedades as fibras de amianto crisotila so empregadas no Brasil e no mundo, em milhares de produtos industriais, sendo, cerca de 85% do seu uso na indstria de cimento-amianto ou fibrocimento (folhas e caixas d´gua), 10% em materiais de frico (autopeas) e 5% em outras atividades, sendo txteis 3%, qumicas/plsticas 2%. O amianto foi, tambm, amplamente utilizado nas dcadas de 40 e 50, na Amrica do Norte, na Europa, na Austrlia e no Japo, como isolante trmico e elemento de proteo contra o fogo. Essa aplicao era feita por jateamento (spray) de fibras e p de amianto principalmente em construes metlicas, em caldeiras, geradores, vages e cabinas de navios e trens, visando proteger passageiros e instalaes dos efeitos de um eventual incndio. Nessa aplicao, os trabalhadores eram expostos a quantidades excessiva de fibras em suspenso no ar. Por esse motivo, no incio dos anos 70 o jateamento foi sendo progressivamente proibido em muitos pases e praticamente j no existe no mundo inteiro. O uso comercial desenfreado do produto no ltimo sculo, levou a sua<