Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Classificao dos Resduos
País: Brasil
Fonte: Ponto Terra
Data: 5/2004
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
De forma simples podemos classificar o lixo como seco ou molhado, orgnico ou inorgnico, como veremos a seguir:

 O LIXO SECO composto pelos papis, plsticos, metais, couros tratados, tecidos, vidros, madeiras, isopor, parafina, cermicas, porcelanas, espumas, cortias e etc.
 LIXO MOLHADO aquele composto por restos de comida, alimentos estragados, cascas e bagaos de vegetais, etc.
 O LIXO ORGNICO composto por toda matria orgnica descartada, como os restos de alimentos, borra de caf, folhas e galhos de rvores, pelos de animais, cabelo humano, papel, madeira, tecidos, etc.
 O LIXO INORGNICO composto por matria inorgnica como os metais e os materiais sintticos, por exemplo.


Uma classificao mais detalhada do lixo pode ser feita quanto sua tipologia, suas caractersticas fsicas, qumicas e biolgicas.
Quanto sua TIPOLOGIA o lixo pode ser de origem urbana, agrcola ou especial.
 O LIXO URBANO pode ser:

1. DOMICILIAR, que formado pelos resduos slidos produzidos pelas atividades residenciais e apresenta em torno de 60% de composio orgnica e o restante formado por embalagens plsticas, latas, vidros, papis, etc.
2. COMERCIAL varia de acordo com a atividade desenvolvida no estabelecimento de origem. No caso de bares, restaurantes e hotis predomina o lixo de origem orgnica enquanto os escritrios geram lixo onde predomina o papel.
3. PBLICO aquele resultante das atividades de limpeza de vias e logradouros pblicos e composto por papis, terra, folhas, etc.

 O LIXO AGRCOLA aquele composto pelos resduos das atividades agropecurias. Embalagens de adubos, defensivos agrcolas, restos de rao, restos de colheita, estrume, etc.. Ateno especial deve ser dada as embalagens de defensivos agrcolas que merecem um tratamento adequado. Tambm o estrume produzido em atividades de criao intensiva devem merecer o devido tratamento devido ao grande volume de produo.

 O LIXO ESPECIAL , que apresenta caractersticas especiais, passa a merecer, por tanto, ateno diferenciada no seu acondicionamento, transporte, manipulao e disposio. So eles os resduos industriais, os gerados pela construo civil, os de servios de sade, os lixos radioativos, os de portos, aeroportos e terminais ferrovirios e rodovirios.
1. O LIXO INDUSTRIAL aquele composto pelos resduos slidos produzidos nos processos industriais e suas caractersticas dependem diretamente do tipo de indstria e do tipo de processo utilizado. Porm nem sempre todo o resduo produzido numa indstria lixo. Ao contrrio, podem ser sub-produtos que serviro de matria prima para outros processos industriais. Noutros casos a natureza dos resduos produzidos por algumas indstrias, como padarias e confeces por exemplo, so de natureza idntica do lixo domiciliar, porm produzidos em maior escola. Os resduos industrias que so lixo e merecem tratamento especial so aqueles que oferecem qualquer risco ao meio ambiente e sade da populao, resultantes da atividade industrial ou do tratamento de seus efluentes (GLOSSRIO) , lquidos e gasosos.
2. O LIXO DOS SERVIOS DE SADE proveniente dos hospitais, centros cirrgicos, ambulatrios, postos mdicos, consultrios mdicos e odontolgicos, clnicas, farmcias e laboratrios. Eles podem ser:
- resduos infectantes ou lixo sptico: sangue e hemoderivados, animais utilizados em experimentaes, bem como os materiais que tenham entrado em contato com os me