Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: O QUE COLETA SELETIVA?
País: Brasil
Fonte: Ajudabrasil
Data: 6/2004
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):

O CONCEITO DE LIXO:

Lixo todo e qualquer resduo proveniente das atividades humanas ou gerado pela natureza em aglomeraes urbanas. Comumente, definido como aquilo que ningum quer. Porm, precisamos reciclar este conceito, deixando de enxerg-lo como uma coisa suja e intil em sua totalidade. Grande parte dos materiais que vo para o lixo pode (e deveria) ser reciclada.


Tipos de lixo:

Lixo Domiciliar/Urbano:
constitudo pelo lixo de nossas casas, bares, lanchonetes, restaurantes, reparties pblicas, lojas, supermercados, feiras e do comrcio. Compem-se principalmente de: sobras de alimentos, embalagens, papis, papeles, plsticos, vidros, trapos, etc. Esse lixo normalmente encaminhando para Aterros Sanitrios.

Lixo Industrial:
o lixo produzido pelas indstrias, que possui caractersticas peculiares dependendo das matrias-primas utilizadas. Pode ser perigoso, at mesmo txico, e, por isto, a menos que passe por processos de tratamento especficos, no pode ter sua disposio final no mesmo local do lixo domiciliar.

Lixo Hospitalar:
Pelas mltiplas possibilidades que apresenta de transmitir doenas de hospitais, deve ser transportado em veculos especiais. Assim como o lixo industrial, a menos que passe por processos de tratamento especfico, deve ser disposto em local apropriado ou ir para os incineradores.

Lixo Agrcola:
Esterco, fertilizantes.

Tecnolgico:
TVs, rdios, aparelhos eletrnicos em geral.


Nmeros do lixo no Brasil:

A quantidade de lixo produzida semanalmente por um ser humano de aproximadamente 5 Kg. Se somarmos toda a produo mundial, os nmeros so assustadores.

S o Brasil produz 240 mil toneladas de lixo por dia. O aumento excessivo da quantidade de lixo se deve ao aumento do poder aquisitivo e ao perfil de consumo de uma populao. Alm disso, quanto mais produtos industrializados existir, mais lixo produzido, como embalagens, garrafas, etc.

Em torno de 88% do lixo domstico brasileiro vai para o aterro sanitrio. A fermentao gera dois produtos: o chorume e o gs metano.

Apenas 2% do lixo de todo o Brasil reciclado! Isso acontece porque reciclar 15 vezes mais caro do que simplesmente jogar o lixo em aterros. A ttulo de comparao, o percentual de lixo urbano reciclado na Europa e nos EUA de 40%.


O QUE RECICLAGEM?

Reciclagem o retorno da matria-prima ao ciclo de produo do qual foi descartado. O termo, porm, j vem sendo usado popularmente para designar o conjunto de tcnicas envolvidas nesse processo: a coleta dos materiais que se tornariam lixo (ou que j esto no lixo), a separao desses materiais e o seu processamento.

O vocbulo surgiu na dcada de 1970, quando as preocupaes ambientais passaram a ser tratadas com maior rigor, especialmente aps o primeiro choque do petrleo, quando reciclar ganhou importncia estratgica. As indstrias recicladoras so tambm chamadas secundrias, por processarem matria-prima de recuperao. Na maior parte dos processos, o produto reciclado completamente diferente do produto inicial.


POR QUE RECICLAR?

A reciclagem de materiais muito importante, tanto para diminuir o acmulo de dejetos, quanto para poupar a natureza da extrao inesgotvel de recursos. Alm disso, reciclar causa menos poluio ao ar, gua e ao solo.

A produo de lixo vem aumentando assustadoramente em todo o planeta. Visando uma melhoria da qualidade de vida atual e para que haja condies ambientais favorveis vida das futuras geraes, faz-se necessrio o desenvolvimento de uma conscincia ambientalista.

O consumidor pode auxiliar no processo de reciclagem das empresas. Se separarmos todo o lixo produzido em residncias, impedimos que a sucata se misture aos restos de alimentos, o que facilita seu reaproveitamento pelas ind