• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Papel de escritrio - O mercado para reciclagem
País: Brasil
Fonte: CEMPRE
Data: 6/2004
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
No Brasil, a disponibilidade de aparas de papel grande. Mesmo assim, as indstrias precisam periodicamente fazer importaes de aparas para abastecer o mercado. Quando h escassez da celulose e o conseqente aumento dos preos do reciclado, as indstrias recorrem importao de aparas em busca de melhores preos. No entanto, quando h maior oferta de celulose no mercado, a demanda por aparas diminui, abalando fortemente a estrutura de coleta, que s volta a se normalizar vagarosamente. No Brasil, h pouco incentivo para a reciclagem de papel.

Nos Estados Unidos, mais da metade do papel de escritrio coletado pelas campanhas de reciclagem exportada. crescente o nmero de indstrias americanas que reutilizam papel de escritrio como matria-prima, barateando o custo da produo. Em muitos casos, porm, o custo da fabricao de papel reciclado pode ser maior do que a produo a partir da celulose virgem. O maior mercado o de embalagens.

Quanto reciclado?

41% do papel que circulou no Pas em 2002 retornou produo atravs da reciclagem. Para este clculo, considerou-se a produo total e o consumo aparente.

A maior parte do papel destinado reciclagem, cerca de 86%, gerado por atividades comerciais e industriais.

No Brasil, existem 22 categorias de aparas - o nome genrico dado aos resduos de papel, industriais ou domsticos - classificados pelo Instituto de Pesquisas Tecnolgicas de So Paulo e pela Associao Nacional dos Fabricantes de Papel e Celulose.As aparas mais nobres so as "brancas de primeira", que no tm impresso ou qualquer tipo de revestimento. As aparas mistas so formadas pela mistura de vrios tipos de papis. No Brasil as indstrias consumiram 2,8 milhes de toneladas de papel reciclado.

A intensidade do processo de reciclagem de papel acentuadamente diferente, de acordo com as regies brasileiras onde se realiza. Nas regies Sul e Sudeste, onde se concentram as principais indstrias do Pas, as taxas de recuperao so altas, da ordem de 64% e 44%, respectivamente; e nas demais regies, de 16%.

Conhecendo o material

Papel de escritrio o nome genrico dado a uma variedade de produtos usados em escritrios, incluindo papis de carta, blocos de anotaes, copiadoras, impressoras, revistas e folhetos. A qualidade medida pelas caractersticas de suas fibras. Papis de carta e de copiadoras so normalmente brancos, mas podem ter vrias cores. A maioria dos papis de escritrio fabricada a partir de processos qumicos que tratam a polpa da celulose, retirada das rvores. Entretanto, papel jornal feito com menos celulose e mais fibras de madeira, obtidas na primeira etapa da fabricao do papel, e por isso de menor qualidade.

No Brasil, o consumo de papel gira em torno de 7 milhes de toneladas por ano.

Qual o seu peso no lixo?

Em So Paulo, o papel e papelo corresponderam a 19% do peso do lixo urbano em 2001. Nos Estados Unidos, o papel de escritrio constitui 3,3% do lixo.

Sua histria

A reciclagem de papel antiga. Ao longo dos anos, o material mostrou ser fonte acessvel de matria-prima limpa. Com a conscientizao ambiental, para a reduo da quantidade de lixo despejado em aterros e lixes a cu aberto, os sistemas de reciclagem de papel evoluram. As campanhas de coleta seletiva se multiplicaram e aumentou a ao dos catadores nas ruas, que tm no papel usado uma fonte de sustento.

E as limitaes ?

Diversidades de Classes de Papel

O lixo derivado do papel de escritrio formado por diferentes tipos de papis, forando os programas de reciclagem a priorizar a coleta de algumas categorias mais valiosas, como o papel branco de computador. Embora tenha menor valor, os papis mesclados, contendo diferentes fibras e cores, so tambm coletados para reciclagem. Os papis para fins sanitrios (toalhas e higinicos) no so encaminhados pa