Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:







Curiosidades


Assunto: Pneus - O mercado para reciclagem
País: Brasil
Fonte: http://www.cempre.org.br/ft_pneus.php
Data: 3/2011
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
URL: http://www.cempre.org.br/ft_pneus.php
Curiosidade (texto):
A triturao dos pneus para uso na regenerao da borracha, mediante a adio de leos aromticos e produtos qumicos desvulcanizantes um dos principais mercados para a reciclagem desse material. Com a pasta resultante deste processo, as indstrias produzem tapetes de automveis, solado de sapato, pisos industriais e borrachas de vedao, entre outros. No Brasil j h tecnologia em escala industrial que regenera borracha por processo a frio, obtendo um produto reciclado com elasticidade e resistncia semelhantes ao do material virgem. Alm disso, essa tcnica usa solventes capazes de separar o tecido e o ao dos pneus, permitindo seu reaproveitamento.

O p gerado na recauchutagem e os restos de pneus modos podem ser aplicados na composio de asfalto de maior elasticidade e durabilidade, alm de atuarem como elemento aerador de solos compactados e pilhas de composto orgnico.

Os pneus inteiros so reutilizados em pra-choque, drenagem de gases em aterros sanitrios, conteno de encostas e produtos artesanais. No Brasil, as carcaas so reaproveitadas como estrutura de recifes artificiais no mar, visando o aumento da produo pesqueira. possvel recuperar energia com a queima de pneus velhos em fornos controlados - cada pneu contm a energia de 9,4 litros de petrleo. No Brasil, calcula-se que existam 500 mil pneus disponveis para utilizao como combustvel, proporcionando economia de 12 mil toneladas de leo. A usina de So Mateus no Paran incorpora no processo de extrao de xisto betuminoso, pneus modos que garantem menor viscosidade ao mineral e uma otimizao do processo.

Quanto reciclado?

57% das 175 mil toneladas de carcaa que, se estima, so descartadas por ano foram destinadas a fornos de cimento no Brasil.Nos Estados Unidos, o percentual gira em torno de 73%, ou 685 mil das 940 mil toneladas de carcaas jogadas fora por ano.

O Brasil produziu em 2001 43 milhes de unidades de pneus e em 2002, 45 milhes, somando um passivo ambiental de 30 milhes de pneus. Os EUA, que geram 275 milhes de pneus velhos por ano, tm em estoque cerca de 3 bilhes de carcaas.

No h dados no Brasil sobre taxas referentes s demais formas de reciclagem de pneus. Contudo, os remoldadores (que reformam pneus velhos) tambm dizem ter recolhido em 2002 quase 3,8 milhes de carcaas, que foram prioritariamente enviadas para a Usina de produo de gs da Petrobrs no Paran.

Valor

Pneus com meia vida ou carcaas passveis de recauchutagem tm "valor positivo". Pneus no passveis de recuperao tm "valor negativo": os geradores da sucata normalmente pagam s empresas de limpeza urbana para o recebimento do material.

Conhecendo o material

O Brasil produz cerca de 45 milhes de pneus por ano. Quase um tero disso exportado para 85 pases e o restante roda nos veculos nacionais. Apesar do alto ndice de recauchutagem no Pas, que prolonga a vida dos pneus em 40%, a maior parte deles, j desgastada pelo uso, acaba parando nos lixes, na beira de rios e estradas, e at no quintal das casas, onde acumulam gua que atrai insetos transmissores de doenas. Os pneus e cmaras de ar consomem cerca de 70% da produo nacional de borracha e sua reciclagem capaz de devolver ao processo produtivo um insumo regenerado por menos da metade do custo da borracha natural ou sinttica. Alm disso, economiza energia e poupa petrleo usado como matria-prima virgem e at melhora as propriedades de materiais feitos com borracha.

Qual o seu peso no lixo?

No Rio de Janeiro, os pneus e artefatos de borracha em geral correspondem a 0,5% do lixo urbano e em So Paulo correspondem a menos de 3%. Nos EUA, os pneus compem 1% dos resduos.

Sua histria

Depois que o norte-americano Charles Goodyear descobriu, no sculo XIX, o processo de vulcanizao, deixando cair borracha e enxofre casualmente no fogo, a demanda por esse produto s