• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:







Curiosidades


Assunto: Tcnica criada em Pernambuco permite a construo de barcos utilizando garrafas PET
País: Brasil
Fonte: www.reciclaveis .com.br
Data: 7/2004
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
Quando se fala em reciclagem, podemos pensar em muitos produtos confeccionados a partir do reaproveitamento de materiais. Papel, latas de alumnio, peas artesanais e barcos. isso mesmo: barcos. H cerca de quatro anos, o engenheiro agrcola holands Joel Girard, radicado no Brasil desde a dcada de 80, desenvolveu uma embarcao com garrafas de refrigerante PET. O que no incio, era s uma diverso, j que o objetivo era usar o barco em corredeiras de Pernambuco, tomou aos poucos, propores inimaginveis.

Instrudo pelo Sebrae-PE, o engenheiro procurou a API (Associao Pernambucana de Inventores) para patentear seu projeto e l conheceu Renato Vellozo, presidente da associao que se interessou pelo projeto. Juntos, Joel, Renato e o Sebrae, pensaram em expandir a utilizao da tcnica que utiliza garrafas pressurizadas e um sistema de amarrao bastante evoludo, e verificaram que o mtodo se prestaria muito bem utilizao na pesca.

Renato conta que no comeo, a maior dificuldade era vencer o preconceito que as pessoas tinham em utilizar um material descartado. Mas aos poucos, com a aceitao, a tcnica foi repassada para as comunidades ribeirinhas. "Hoje o projeto proporciona gerao de trabalho e renda na comunidade que vende as embarcaes ou mesmo as utiliza para pesca", explica.

O presidente da API contou tambm que o mtodo usado na confeco dos barcos j aplicado para a construo de plataformas de pesca e passarelas de acesso na regio.

Para Renato, o projeto um sucesso devido ao seu carter de gerao de renda e de preservao ambiental. "O projeto atrelado a um programa maior de coleta seletiva", comenta.

Renato avalia que o funcionamento do barco excelente, j que a manuteno custa pouco e feita de forma bastante "tranquila". Cada barco utiliza 180 a 1200 garrafas aproximadamente. Depende do tamanho e da finalidade da embarcao. " um conceito inovador para veculo flutuante. No acumula gua na parte interna. As garrafas so usadas sempre como elemento estrutural. A amarrao em mdulos absorve impactos e muito mais resistente do que os barcos de madeira", esclarece.

Mas a idia no parar por a. O projeto est evoluindo e hoje j podem ser construdas at mesmo casas utilizando a tcnica. Renato conta que na habitao, as garrafas funcionam mais ou menos como blocos de montar como o Lego (brinquedo que permite a construo de diversos objetos a partir do encaixe de pequenas peas). "Estamos construindo mdulos com garrafas PET e caixinhas longa vida".

Renato diz que a casa feita com esse material foi a "sensao" em uma feira de empreendedores em 2002. Entretanto, a API ainda no conseguiu o apoio necessrio para desenvolver o projeto.

O interesse do grupo era elaborar uma construo para demonstrar a utilizao da tcnica, mas faltam verba e apoio. "O que temos por enquanto um galpo utilitrio. O Ipec (Instituto Pernambucano de Ensino e Cultura) analisou e recomendou nosso projeto pelo pacto ambiental e financeiro que ele produz". Entretanto, segundo avalia Renato, por estarmos em ano eleitoral, "as coisas no andam".

Mas ele e os idealizadores do projeto esto bem animados com a possibilidade de estender a utilizao da tcnica e aplic-la na construo de moradias populares. "Acreditamos que esse tipo de habitao pode substituir as favelas. Acho que se prestaria tambm substituio de casas de taipas evitando o desmatamento e problemas de sade pblica como a doena de Chagas", avalia.

Entretanto, enquanto essa possibilidade no se concretiza, todos continuam empenhados em expandir cada vez mais a utilizao do mtodo para a construo de barcos.

O municpio de Itapissuma, localizado a cerca de 35 quilmetros da capital pernambucana, conta com aproximadamente 20 mil habitantes sendo que 70% da e