Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Reciclagem de PET
País: Brasil
Fonte: ABIPET
Data: 8/2004
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
Os municpios devem coletar 100% do lixo urbano e organizar esquemas de coleta seletiva. 30% dos mais de 5 mil municpios brasileiros no contam com nenhum tipo de coleta e apenas cerca de 200 possuem um sistema de coleta seletiva. Esse sistema proporciona material mais limpo, livre de contaminaes. Consequentemente, a sucata assim coletada tem maior valor. Outro benefcio desse sistema de coleta tirar os trabalhadores dos lixes, trazendo-os para cooperativas organizadas. As indstrias devem investir em informao e tecnologia. Levar ao grande pblico o conhecimento sobre a reciclabilidade dos materiais, instruindo sobre como proceder para o correto descarte das embalagens. Desenvolver as tecnologias que permitam materiais mais fceis de reciclar, inofensivos e inertes, para proteo do meio ambiente. Desenvolver os mercados para os produtos reciclados.
A populao deve descartar corretamente seus materiais reciclveis. Descartar corretamente significa depositar as embalagens usadas em contineres adequados ou doa-las para catadores e/ou entidades que as aceitem em doao.O cidado comum tem o dever de comear, em sua casa, o trabalho de separar o lixo dos materiais reciclveis. Isso porque cada um de ns tem o trabalho de ir aos mercados para adquirir estes produtos. Cabe a ns, portanto, o primeiro passo para fazer com que os materiais sigam seu caminho de retorno para a indstria recicladora.


Como acontece a reciclagem do PET.

O PET pode ser reciclado de trs maneiras diferentes:



1 - Reciclagem qumica. Utilizada tambm para outros plsticos, separa os componentes do PET, fornecendo matria-prima para solventes e resinas, entre outros produtos.
2 - Reciclagem energtica. O calor gerado com a queima do produto pode ser aproveitado na gerao de energia eltrica (usinas termeltricas), alimentao de caldeiras e altos-fornos. O PET tem alto poder calorfico e no exala substncias txicas quando queimado. Outros materiais combustveis tambm podem ser utilizados.


3 - Reciclagem mecnica. Praticamente todo o PET reciclado no Brasil passa pelo processo mecnico, que pode ser dividido em:

RECUPERAO: Nesta fase, as embalagens que seriam atiradas no lixo comum ganham o status de matria-prima, o que, de fato, so. As embalagens recuperadas sero separadas por cor e prensadas. A separao por cor necessria para que os produtos que resultaro do processo tenham uniformidade de cor, facilitando, assim sua aplicao no mercado. A prensagem, por outro lado, importante para que o transporte das embalagens seja viabilizado. Como j sabemos, o PET muito leve.
REVALORIZAO: As garrafas so modas, ganhando valor no mercado. O produto que resulta desta fase o floco da garrafa. Pode ser produzido de maneiras diferentes e, os flocos mais refinados, podem ser utilizados diretamente como matria-prima para a fabricao dos diversos produtos que o PET reciclado d origem na etapa de transformao. No entanto, h possibilidade de valorizar ainda mais o produto, produzindo os gros de PET reciclado. Desta forma o produto fica muito mais condensado, otimizando o transporte e o desempenho na transformao.

TRANSFORMAO: Fase em que os flocos, ou o granulado ser transformado num novo produto, fechando o ciclo. Os transformadores utilizam PET reciclado para fabricao de diversos produtos, inclusive novas garrafas para produtos no alimentcios. Veja no quadro abaixo a distribuio dos mercados para o PET reciclado.
>.j>