Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Reciclagem de Papel
País: Brasil
Fonte: SEBRAE - SP
Data: 10/2004
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
A reciclagem do papel to antiga quanto a sua prpria descoberta: j que o suprimento de fibras escasso, nada se perde, tudo se reaproveita. Assim, as chamadas aparas industriais se tomaram sinnimo de fibra secundria, vlido tambm para as aparas de grficas ou mesmo papis recuperados no lixo. H hoje 22 tipos de aparas na classificao industrial, mas de maneira geral, so reagrupados em 8 categorias comerciais, sendo as caixas de papelo a principal fonte de aparas e o principal produto reciclado.

Reciclar papel significa fazer papel empregando como matria-prima papis, cartes, cartolinas e papeles, provenientes de:

Rebarbas geradas durante os processos de fabricao destes materiais, ou de sua converso em artefatos, ou ainda geradas em grficas;

Artefatos destes materiais pr ou ps-consumo

Atualmente, a matria-prima vegetal mais utilizada na fabricao do papel a madeira, embora outras tambm possam ser empregadas. Estas matrias-primas so hoje processadas qumica ou mecanicamente, ou por uma combinao dos dois modos, gerando como produto o que se denomina de pasta celulsica, que pode ainda ser branqueada, caso se deseje uma pasta de cor branca. A pasta celulsica, branqueada ou no, nada mais do que as fibras celulsicas liberadas, prontas para serem empregadas na fabricao do papel.

A pasta celulsica tambm pode prover do processamento do papel, ou seja, da reciclagem do papel. Neste caso, os papis coletados para esse fim recebem o nome de aparas. O termo apara surgiu para designar as rebarbas do processamento do papel em fbricas e em grficas e passou a ter uma abrangncia maior, designando todos os papis coletados para serem reciclados.

As aparas provm de atividades comerciais, e em menor quantidade de residncias e de outras fontes, como instituies e escolas.

As aparas de papel podem ser recolhidas por um sistema de coleta seletiva, ou por um sistema comercial, utilizado h anos, que envolve o catador de papel e o aparista.

A preocupao com o meio ambiente criou uma demanda por "produtos e processos amigos do meio ambiente" e reciclar papel uma forma de responder a esta demanda.

Assim, os principais fatores de incentivo reciclagem de papel, alm dos econmicos, so: a preservao de recursos naturais (matria-prima, energia e gua), a minimizao da poluio e a diminuio da quantidade de lixo que vai para os aterros. Dentre estes, certamente o ltimo o que tem tido maior peso nos pases que adotam medidas legislativas em prol da reciclagem.

No Brasil a reciclagem de papel representa apenas cerca de 30% da produo, diante de 48% na Frana e 68% na Holanda.
Na fabricao de uma tonelada de papel, a partir de papel usado, o consumo de gua muitas vezes menor e o consumo de energia cerca da metade.
Na fabricao de pasta mecnica, 1 tonelada de aparas substitui cerca de 2 m de madeira e cerca de 4 m na fabricao de celulose (fonte:IPT). E ainda, 1 tonelada de aparas, dependendo do tipo, corresponde a uma rea plantada de 100 a 350 m.
1 tonelada de papel reciclado economiza 2,5 barris de petrleo, 98 mil litros de gua e 2.500 Kw/h de energia eltrica.

VANTAGENS DA RECICLAGEM DE PAPEL:

Reduo dos custos das matrias-primas - a pasta de aparas mais barata que a celulose de primeira.

Economia de Recursos Naturais:
Madeira - Uma tonelada de aparas pode substituir de 2 a 4m de madeira, conforme o tipo de papel a ser fabricado, o que se traduz em uma nova vida til para 15 a 30 rvores adultas que foram cortadas para a fabricao do papel dessas aparas.

gua - Na fabricao de uma tonelada de papel reciclado so necessrios apenas 2.000lt de gua, ao passo que, no processo tradicional, este volume pode chegar a 100.000lt/ton.

Energia - Em mdia, economiza-se metade da energia, podendo-se chegar a 80% de economia quando se<