• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Coletores de lixo proclamam: no so os "cheirosos"
País: Brasil
Fonte: www.abrelpe.com.br
Data: 5/2005
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
Eles tiram 460 toneladas de lixo por dia das ruas da cidade. Na maioria das ruas, passam duas ou trs vezes por semana. Quatrocentos e sessenta mil quilos de lixo por dia. Agora pense nos saquinhos que voc ou algum de sua casa coloca na lixeira da calada ou na calada mesmo, quase todos os dias. Imagine agora uma semana sem o trabalho deles. Agora quinze dias, um ms... com os saquinhos se acumulando, tomando sol e chuva, os restos de comida fermentando, apodrecendo, azedando... Qual seria o odor nas caladas, nas ruas, na cidade, depois de um ms sem a coleta de lixo domiciliar?
"E ns que somos chamados de 'cheirosos'. Este o xingamento mais comum, a gente nem responde. Mas sabemos muito bem que estamos sendo chamados de fedidos", reclama Dalci Ferreira Viana, h quase dez anos coletor de lixo da Leo Leo Ambiental, empresa responsvel pela coleta domiciliar em Ribeiro Preto. Assim como Dalci, vrios outros colegas, apesar de orgulhosos da profisso, tm queixas endereadas a uma parcela da populao que insiste em menosprez-los. "Que incomoda ser chamado de 'cheiroso', no sentido de fedido, incomoda, mas fazer o qu? Responder pior", avalia Jean Carlos dos Santos Dourado, coletor h um ano.
De uma forma geral, trs queixas so as mais freqentes. A primeira diz respeito escolaridade - ou falta dela. No imaginrio popular, "lixeiro" quem no estudou, no serve para outra ocupao. "Nesse caso, nada mais enganoso. No h um nico coletor analfabeto entre os nossos 96 funcionrios", informa o departamento de imprensa da Leo Leo Ambiental. Com o projeto "Ler e Escrever, Basta Querer", lanado em 2001, a empresa disponibilizou uma professora especializada em ensino supletivo, no perodo da tarde. Resultado - todos os coletores possuem ao menos o diploma do ensino fundamental. "Lembro da alegria de um deles contando que j conseguia ler as promoes nos supermercados", comenta a assessora Kelly Figueiras.
A segunda queixa se refere ao desrespeito de motoristas de carros e motos por ocasio da rotina de trabalho - os coletores cruzam o leito carrovel centenas de vezes a cada jornada de trabalho, e comum, quando o caminho do lixo est parado, que uma fila se forme aguardando espao para a ultrapassagem. "Minha pior experincia foi ver um colega no cho, todo arrebentado, e a gente sem poder fazer nada, s esperando o Resgate", conta Dalci sobre o atropelamento de um integrante de sua equipe.
E a terceira reclamao contra a noo de que so eles, os coletores, que cheiram mal. "O cheiro mal vem do lixo das casas dessas mesmas pessoas que chamam a gente de fedidos", argumenta Jos Erlando Jardim Barbosa, coletor h seis anos.
Em Ribeiro Preto, a coleta de lixo domiciliar funciona nos perodos diurno (quinze caminhes) e noturno (catorze caminhes). Tanto durante o dia quanto noite so quarenta e oito coletores correndo atrs dos caminhes (sem contar os motoristas).
A Leo Leo Ambiental informa que fornece todos os EPI's (Equipamentos de Proteo Individual) necessrios para a rotina da profisso, como luvas, caneleiras, bons, tnis e um tipo de meio mais grosso que o comum. Braos e pernas so as vtimas mais freqentes de acidentes do trabalho.
E os cinco coletores entrevistados por A CIDADE foram unnimes numa coisa: que garrafas e cacos de vidro sejam embrulhados em papel (de jornais, revistas etc.) antes de serem colocados no lixo. "Se o pedao de vidro estiver de jeito, bem afiado, no existe luva que segure (evite o corte)", comenta o coletor Erivelton Soares de Oliveira. J agulhas devem ser lanadas dentro de garrafas PET. Na noite da ltima quarta-feira, quando uma equipe conversou com a reportagem, um coletor estava afastado do trabalho por ter se furado, na noite anterior, com uma agulha mal acondicionada num saco de lixo. A seguir, histrias dos trabalhadores que percorrem (andando, correndo, saltando, arremessando sacos) todos os dias cerca de 40 quilmetro