Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Falta difuso da coleta seletiva
País: Brasil
Fonte: www.reciclaveis.com.br
Data: 6/2005
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
Coleta seletiva. Todos conhecem ou, ao menos, j ouviram o termo, mas poucos colocam em prtica o que, na teoria, s traz benefcios s pessoas e ao meio ambiente. E esses benefcios vo alm da reutilizao dos materiais. Entre eles esto: o aumento da vida til dos aterros sanitrios, a reduo de custos com o tratamento do lixo nesses aterros, a diminuio de gastos gerais com limpeza pblica, e diversas outras melhorias das condies ambientais.

No Vale do Paraba vrias situaes so notadas quando o assunto a coleta de lixo. Em Roseira -- cidade com cerca de 7.000 habitantes -- no h aterro e, portanto, o lixo exposto a cu aberto. Nesses casos, no h a separao do lixo orgnico e do lixo reciclado. Todos so destinados para o mesmo local. Por essa conduta, o municpio paga uma multa mensal para a Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) de R$ 120 mil.

Enquanto isso, a coleta e o tratamento dos resduos em So Jos tido como uma referncia nacional. Todo lixo coletado por equipes da Urbam (Urbanizadora Municipal) aterrado e seu confinamento seguro em termos de controle de poluio.

H caminhes especficos para a coleta do lixo reciclvel que cobre 76% dos bairros da cidade. J no aterro, o "luxo do lixo" -- como conhecido -- passa pelo centro de triagem onde uma equipe faz a seleo dos resduos.

Alguns bairros no tm a coleta seletiva feita pela Urbam porque os prprios moradores fazem o servio de coleta", explica o diretor de operaes da Urbam, lvaro de Souza Alves. "Hoje, fazemos de 20 a 30% da coleta seletiva. Os catadores fazem o restante da coleta antes da gente", complementa.

Os bairros mais perifricos como Colonial, Campo dos Alemes, Imperial, D. Pedro 1 e 2, Chcaras Reunidas e parte da rea central so exemplos de locais que tm a coleta feita por catadores e no pelas equipes da Urbam.

Conscientizao - A falta de conscincia apontada por muitos como a principal causa de no se fazer a seleo do lixo. E os erros comeam nas prprias casas.

"O problema est mais ligado falta de conscincia das pessoas, pois nos deparamos com gente de nveis de escolaridade diferentes, mas que tm o mesmo hbito errado quanto separao de lixo", diz o ambientalista Jeferson Rocha de Oliveira, que coordenador de eventos da ONG Vale Verde.

A opinio do ambientalista compartilhada pelo diretor de operaes da Urbam. Para ele, a falta de interesse da populao em separar o lixo orgnico do reciclvel o principal problema. "Apesar de o tratamento do lixo ser muito bem feito no aterro, o ideal seria se as pessoas fizessem a separao em casa", afirma lvaro