• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: leo de buriti faz plstico luminoso e ecolgico
País: Brasil
Fonte: www.reciclaveis.com.br
Data: 8/2005
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
Experimentos realizados no Laboratrio de Pesquisa em Fsico-Qumica de Polmeros, na Universidade de Braslia (UnB), juntaram dois componentes inusitados: leos naturais foram adicionados a dois tipos de polmeros, gerando resultados interessantes.

Foi criado um material plstico que se decompe mais rapidamente, e que tambm capaz de absorver e emitir luz.

Um produto derivado de um fruto tpico da regio Amaznica, o leo de buriti, foi adicionado na sntese de compsitos de poliestireno, material utilizado na produo de copos descartveis, e do polimetacrilato de metila, matria-prima para peas de acrlico.

Tempo de degradao

No primeiro caso, as conseqncias so importantes fundamentalmente para o meio ambiente. Segundo a autora da pesquisa, Jussara Anglica Dures, o leo de buriti mostrou-se capaz de acelerar a degradao do polmero.

"Ainda cedo para dizer com exatido o quanto possvel diminuir o tempo de degradao do novo material. Mas, a partir do momento em que o leo no se modifica na estrutura do polmero, existem vrias partes dentro do plstico que certamente vo se degradar com mais rapidez", disse.

Plsticos comuns podem levar at 450 anos para se decompor.

Radiao solar

A adio do leo de buriti ao polimetacrilato de metila tambm fez com que o polmero passasse a absorver a radiao solar e a funcionar como elemento fotoprotetor.

"O leo natural faz com que o material consiga absorver radiao solar na regio do ultravioleta. Isso ocorre porque o plstico incorpora com facilidade as propriedades do leo, permitindo tambm que o material se torne fotoluminescente, capaz de emitir luz na regio do visvel", explica a orientadora Maria Jos Sales.

Os pesquisadores acreditam que o novo material poder ser utilizado, por exemplo, na fabricao de culos escuros para bloquear a ao do sol e na fabricao de leds, diodos emissores de luz muito utilizados em aparelhos eletrnicos.

Estudo

O estudo Compsitos fotoprotetores obtidos a partir do poliestireno e do polimetacrilato de metila dopados com leo de buriti foi orientado por Maria Jos Sales, professora do Instituto de Qumica da UnB.

O trabalho foi desenvolvido em parceria com Sanclayton Geraldo Moreira, professor da Universidade Federal do Par (UFPA), responsvel pela extrao do leo e pelas medidas das propriedades pticas dos compsitos.


Fonte: Agncia FAPESP