Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: COCO VERDE TOMA LUGAR DO XAXIM
País: Brasil
Fonte: http://www.cocoverderj.com.br
Data: 8/2005
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
Seja vero, seja inverno. Num pas tropical como o Brasil, o consumo da gua de coco verde independe da estao do ano. O que pouca gente imagina que o consumo da fruta gere tantas toneladas de resduos. Na Grande Rio, por exemplo, so mais de 400 toneladas dirias de coco depositadas nos lixes. Apesar de levar entre 8 e 12 anos para se decompor, o desenvolvimento de tcnicas de reciclagem para o produto no menos importante. Principalmente levando em conta que para cada 250ml de gua de coco 1 quilo de resduo gerado.

Ao perceber essa proporo, a empresa Coco Verde, distribuidora da fruta instalada no Rio de Janeiro, arregaou as mangas e dedicou trs anos pesquisa. O resultado est na tcnica que transforma o coco em vasos, palitos, placas para revestimentos trmicos e acsticos, alm da produo de artefatos para decorao. Alm da destinao politicamente correta do resduo, a Coco Verde descobriu, com a tcnica, uma soluo para a problemtica do xaxim. Os vasos reciclados substituem o produto, que faz parte da relao de espcies ameaadas de extino na mata atlntica. As autorizaes concedidas para corte e explorao foram suspensas pela resoluo 278, de 24 de maio de 2001, do Conama.

Segundo o responsvel pela gerncia de projetos e negcios da empresa, Philippe Jean Henri Mayer, os vasos feitos a partir de coco verde reciclado podem substituir sem restries o xaxim. Para a fabricao de um vaso tipo cuia, de 3 litros, so utilizados, em mdia, nove cocos. "Nosso consultor para testes foi o engenheiro agrnomo Antnio Cosentino, que especializado em horticultura. Todos os estudos foram positivos e confirmaram sua superioridade em relao ao xaxim", disse Mayer. "A nica diferena est na freqncia com que a planta que est no nosso produto precisa ser regada, que maior. Isso devido ao alto poder de drenagem e aerao que o vaso reciclado oferece. Em conseqncia da drenagem total, a aerao e o controle de temperatura do substrato aceleram o crescimento da planta, diminuindo o tempo de cria em estufas e o custo dos produtores", explicou Mayer.

Ao todo, 18 etapas so realizadas para transformar o coco em uma nova matria-prima. Depois de coletar o produto, a empresa, tritura o material. Aps sec-lo, faz a separao e a classificao das fibras. Novos processos de secagem so ento realizados at que o material esteja pronto para ser aplicado. Moldagem e cura encerram a produo. "No caso do p de coco, ou entrefibra, aps oito etapas, possvel obter um substrato fantstico e de fonte renovvel, que no o caso da maioria dos substratos existentes no mercado", afirmou Mayer.

Segundo ele, o coco reciclado recolhido junto aos seus prprios clientes. A empresa fornece a fruta embalada em sacos. Nestes mesmos sacos, elas so recolhidas aps o consumo da gua. Essa coleta feita apenas em reas onde a empresa mantm linhas regulares de venda. A maioria na Grande Rio.

DESTINAO DOS RESDUOS
A ameaa de extino do xaxim e a conseqente resoluo do Conama no so, segundo Mayer, o nico impulso para a reciclagem do coco verde. Para ele, a destinao adequada dos grandes resduos gerados uma forte preocupao. "O maior prejudicado o ecossistema. Os produtores de coco comeam a ter problema com a destinao dos cocos, pelo constante aumento do consumo. Aumentando a demanda, novas plantas poderiam ser instaladas por todo o pas. Imagine quantas toneladas de coco so jogadas no lixo nas praias de Florianpolis e Camboriu, por exemplo? E nos grandes centros urbanos, onde o vero dura o ano todo? um alerta para os produtores. A soluo no est em reprimir o comrcio de um produto. Existem solues bem mais apropriadas", comentou.

Mas o processo de reciclagem de coco verde demanda investimentos muitos altos? Mayer no fala em nmeros, mas cita que, como pequena empresa, os aportes foram muitos. "I