• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Pneu velho vira asfalto, combustvel, sapato...
País: Brasil
Fonte: http://invertia.terra.com.br/carbono/interna/0,,OI1817341-EI8943,00.html
Data: 9/2007
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
O pneu gasto, mais conhecido como careca, parece no ter mais nenhuma utilidade. Alm disso, no serve nem mesmo como matria-prima para a produo de um novo pneu devido vulcanizao. Mas no bem assim. Quando reciclado, pode virar muita coisa, como asfalto de borracha, sola de sapato e tapetes para carros ou mesmo combustvel. Desde 1999 a Associao Nacional da Indstria de Pneumticos (Anip) coleta e destina os chamados itens inservveis (sem uso), j retirou na natureza 700 mil toneladas ou 139 milhes de pneus de automveis de passeio. O investimento est em US$ 37 milhes,

O pneu sem uso um grande gerador de entulho. Durante as obras de rebaixamento da calha do Rio Tiet, em So Paulo, em 2005, foram retirados do 90 mil pneus das guas. Aps serem coletados, so retirados os aros de metal (que tambm pode ser reciclado para o setor siderrgico) e a borracha triturada. Como o poder calorfico do material obtido alto, semelhante ao do coque de petrleo e superior ao do carvo, pode ser largamente utilizado como fonte de energia (destino de 69% do produto reciclado); geralmente opo substituio do combustvel fssil em fornos de cimenteiras.

Segundo lvaro Augusto de Oliveira, gerente-geral da Reciclanip, pneus reciclados podem ser usados para fabricar asfalto de melhor qualidade. O asfalto de borracha adquire uma memria elstica que dilata e contrai enquanto os veculos circulam sobre ele, assim se adaptando melhor s variaes de temperatura. Para cobrir um quilmetro de rodovia so necessrios 4,6 mil pneus de passeio. Apesar de o preo ser quase 30% maior, Oliveira afirma que vale o investimento pela preservao das estradas e do prprio meio ambiente.

Outros destinos so os artefatos de borracha (24% do total), como tapetes para carros, pisos industriais, quadras poliesportivas, rodas para carrinhos de supermercados, artigos para jardinagem. Existe ainda o uso em laminao (7%), na produo de percintas (indstria de mveis), solas de sapato e dutos de guas pluviais.

Autor: Soraia Abreu Pedrozo