Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Cincia transforma lixo industrial em adubo
País: Brasil
Fonte: http://www2.uol.com.br/JC/_1998/1008/cm0908c.htm
Data: 10/2007
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
O resduo industrial da preparao de chapas de alumnio, que possui 69% de cromo, pode ser empregado como fertilizante orgnico em plantaes de milho, sem riscos de contaminao dos gros e sabugos. Estudo realizado na Empresa Pernambucana de Pesquisa Agropecuria (IPA) revela que o metal pesado se concentra nas razes da planta. A tcnica uma alternativa para o aproveitamento do resduo industrial, que pode provocar danos ao homem e ao meio ambiente caso no tenha uma destinao final adequada e acabe contaminando os cursos d‘‘gua.

Para favorecer a reteno do cromo na camada superficial do solo, a autora da pesquisa, Arminda Saconi Messias, misturou ao resduo um composto urbano obtido com o reaproveitamento do lixo orgnico domiciliar. "Dessa forma pode-se evitar a contaminao das guas subterrneas".

A dose recomendada por hectare de 80 toneladas de resduo industrial, chamado de lodo crmico, misturadas a 40 toneladas de composto urbano. "Mais que isso e o fertilizante pode ser txico para a planta, inibindo o seu desenvolvimento", diz Arminda, que realizou a pesquisa para o seu doutorado pela Universidade de So Paulo (USP) de So Carlos.

"Para chegar a esse resultado, a pesquisadora fez experincias com zero, 40, 80, 160 e 320 toneladas de lodo crmico misturados a 40 toneladas de composto urbano por hectares. Alm de observar o crescimento da planta, Arminda analisou quimicamente todas as suas partes, para quantificar o teor de cromo.

Ela usou mais de 200 vasos com capacidade para oito quilos na casa de vegetao e depois levou a experincia com o milho para o campo na sede do IPA, no Recife. O milharal foi acompanhado por 100 dias. Arminda, que tambm professora do Departamento de Qumica da Universidade Catlica de Pernambuco (Unicap), no chegou a usar um hectare para o experimento, mas transformou os resultados nesta unidade de medida.

De acordo com a qumica, a agricultura no a nica aplicao do fertilizante proveniente do lodo crmico. O fertilizante tambm pode ser usado na recuperao de reas degradadas, como para o replantio de Mata Atlntica.

O perodo de incubao do lodo crmico no solo o mesmo recomendado para qualquer cultura: 45 dias, com a presena de chuva, at a data do plantio. Esse o tempo necessrio para diminuir a capacidade de dissoluo do metal pesado no solo. Arminda Messias destaca que o fertilizante no pode ser usado indiscriminadamente. "O comportamento do cromo no meio ambiente vai depender do tipo de solo e da cultura a ser utilizada", justifica.

No local onde foram realizadas as pesquisas de campo, concludas em 1997, a pesquisadora est agora avaliando o efeito residual do cromo. "Aonde havia o milharal, foi plantada macaxeira", diz Arminda. O objetivo saber se o metal pesado tambm vai se concentrar na raiz, como ocorreu com o milho, o que inviabilizaria o uso do lodo crmico nessa cultura.
AUTOR: VERNICA FALCO