• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Reciclagem verde gera bio-combustvel a partir de restos de madeira
País: Brasil
Fonte: http://www.reciclaveis.com.br/noticias/00706/0070604madeira.htm
Data: 12/2007
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
Pesquisadores da Universidade da Georgia, Estados Unidos, desenvolveram um novo biocombustvel fabricado a partir de pedaos de madeira que poder ser misturado ao biodiesel ou mesmo ao diesel comum para ser utilizado diretamente em motores a combusto.

Reciclagem verde

A produo de leo a partir da madeira no uma novidade cientfica, mas at hoje os pesquisadores no haviam conseguido criar uma tcnica que permitisse a produo de biocombustveis diretamente da madeira de forma economicamente vivel para que eles pudessem ser utilizados diretamente nos motores convencionais, sem necessidade de adaptaes.

As plantaes de rvores para a fabricao de celulose e de mveis gera uma grande quantidade de resduos - uma biomassa formada principalmente por galhos e pelas extremidades das rvores, que geralmente no so aproveitadas. A gerao de biocombustveis uma das melhores possibilidades de se fazer essa reciclagem verde.

"O detalhe mais entusiasmador de nosso mtodo que ele muito fcil de ser feito," diz o pesquisador Tom Adams. "Ns esperamos reduzir dramaticamente o preo da produo de combustvel a partir da biomassa com esta tcnica".

Bio-leo a partir da madeira

O novo processo trata quimicamente o leo produzido a partir da madeira, tornando-o adequado para uso direto em motores diesel.

Os fragmentos de madeira so aquecidos em uma atmosfera sem oxignio, um processo conhecido como pirlise e hoje largamente utilizado para a produo de carvo vegetal. A pirlise libera um gs, que equivale a cerca de dois teros da massa da madeira que entra no processo. Na produo do carvo vegetal esse gs inteiramente liberado na atmosfera.

A nova tcnica aproveita justamente esse gs, que condensado em um bio-leo e tratado quimicamente. Esse tratamento est sendo objeto de um pedido de patente pelos pesquisadores. No final do processo, cerca de 34% do bio-leo (entre 15 e 17% do peso seco da madeira que entra no processo) pode ser utilizado para alimentar os motores de carros e caminhes.

Os cientistas ainda vo aprimorar o processo, esperando elevar sobretudo o percentual de gs que transformado efetivamente em biocombustvel. Segundo eles, a criao de um processo em escala industrial ainda consumir alguns anos de pesquisas.



Fonte: Inovao Tecnolgica