Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Bioplsticos
País: Brasil
Fonte: http://www.ibps.com.br/index.asp?idmenu=../noticiascomentarios&idnoticia=360
Data: 1/2008
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
O Ncleo Gacho de Ecojornalistas promoveu no dia 13 de agosto, em sua "Tera Ecolgica", a apresentao do trabalho que est sendo desenvolvido h 4 anos no Centro de Biotecnologia da UFRGS, referente produo de bioplsticos. Algumas bactrias possuem a caracterstica de produzirem resinas, acumulando-as como reserva energtica, quando alimentadas com acar, arroz, ou qualquer resduo agrcola. Essas resinas podem substituir os polmeros petroqumicos para a produo de plsticos. O plstico obtido a partir das resinas bacterianas denominado "bioplstico", e apresenta a vantagem de ser facilmente degradvel. O bioplstico, em contato com o solo, se biodegrada em cerca de 100 dias. Os cientistas da UFRGS, alm de identificarem bactrias que produzem resinas, deram mais um importante passo em sua pesquisa. Conseguiram isolar o fator gentico que confere a essas bactrias esta capacidade. Esta identificao permitiu incorporar esse gen ao genma de outros seres vivos, como a cana de acar, algas verdes e leveduras, atravs de procedimentos de engenharia gentica, dotando esses vegetais da capacidade de formar resinas. A importncia dessa conquista biotecnolgica que tanto a cana de acar, como as algas verdes, so seres capazes de fazer fotossntese, podendo formar matria orgnica a partir do CO2 e da luz solar. Ou seja, estes vegetais passam a ser capazes de produzir polmeros com ar e luz! A imensa capacidade desses biosistemas de sintetizar produtos orgnicos limpos, biodegradveis, renovveis, sem gerar resduos nem impactos ao meio ambiente, atesta com eloqncia a enorme transformao que est acontecendo na j iniciada "Era da Biotecnologia". Esta pesquisa no s atesta, como confere uma importncia cada vez maior agricultura sustentvel, que assume uma tripla finalidade: produo de alimentos; de leos vegetais, lcool e biomassa para gerao de energia; e de matrias- primas para a indstria. Essa atividade, a agricultura, tambm ela dever atingir a sua sustentabilidade atravs de conquistas biotecnolgicas que mudaro rapidamente a forma de controle de pragas e intensificaro a produo biodinmica, bem como os manejos culturais e de desfrute que podero passar a ser feitos perfeitamente de acordo com a me natureza. Carlos Adilio Maia do Nascimento Presidente do IBPS