Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Uma borracha muito difcil de apagar
País: Brasil
Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=uma-borracha-muito-dificil-de-apagar&id=010125080918
Data: 12/2008
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
Em 2006, foram reciclados no Brasil 48,1 milhes de pneus que no prestavam mais para uso em automveis, o equivalente a 240,6 mil toneladas. No mesmo ano foram produzidas no pas cerca de 54,5 milhes de unidades. Outras 28,6 milhes foram importadas, sendo parte comprada para reforma e venda como pneus meia-vida.

Considerando que 18,7 milhes de peas foram exportadas no mesmo ano, fica evidente a existncia de um preocupante passivo ambiental de, pelo menos, 16,3 milhes de pneus de automvel que teriam sido dispensados na natureza naquele ano.

Passivo ambiental dos pneus

o que destaca um estudo feito por Carlos Alberto Lagarinhos e Jorge Alberto Tenrio, da Poli-USP. O trabalho, que apresenta as tecnologias utilizadas no Brasil para a reutilizao, reciclagem e valorizao energtica do produto, foi publicado na revista Polmeros.

O estudo tambm avaliou o passivo ambiental de 2002 a 2006, com base em dados coletados em instituies como a Associao Nacional da Indstria de Pneumticos (Anip), o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renovveis (Ibama).

"Ao calcular o nmero de pneus produzidos, importados, exportados e reciclados nesse perodo, temos uma mdia de 14,9 milhes de pneus que teriam sido gerados e descartados na natureza anualmente, uma vez que supostamente no houve coleta e destinao correta desse material", disse Lagarinhos Agncia FAPESP.

Ciclo total do produto

O estudo lembra que em 1999 foi aprovada no Brasil a resoluo n 258 do Conama, que instituiu a responsabilidade do produtor e do importador pelo ciclo total do produto. De acordo com a resoluo, desde 2002 os fabricantes e importadores de pneus no Brasil devem coletar e dar a destinao final para as peas usadas, sendo os distribuidores, revendedores, reformadores e consumidores finais tambm co-responsveis pela coleta dos pneus servveis e inservveis (que no tm mais uso em veculos). Estima-se que um pneu leve mais de 500 anos para se decompor na natureza.

Segundo Lagarinhos, um dos pontos positivos da resoluo foi a criao do clculo que permite estabelecer o objetivo para a reciclagem de pneus, cujo percentual precisa estar acima do nvel de produo a fim de eliminar o passivo ambiental existente.

"De 2002 a 2006, apenas no primeiro ano foi atingido o objetivo de reciclagem do Conama. Ou seja, de cada quatro pneus produzidos, um foi reciclado, atingindo o ndice de 25% estabelecido pela resoluo", disse.

Para 2003, 2004 e 2005, a resoluo n 258 estabeleceu que o ndice aumentaria, respectivamente, para 50%, 100% e 125%, porcentagem que se mantm at hoje. Ou seja, atualmente, de cada quatro pneus produzidos em todo o pas, teoricamente preciso reciclar cinco unidades, deixando de jog-las no meio ambiente.

Economia com a reciclagem

O estudo aponta ainda que, de 2002 a 2006, foram recicladas 805,2 mil toneladas de pneus inservveis no Brasil, o equivalente a 161 milhes de peas.

A quantidade reciclada, em unidades ou peso, reportada anualmente pelas empresas de reciclagem e associaes ao Ibama por meio do Relatrio Anual de Atividades do Cadastro Tcnico Federal (CTF). No caso dos pneus importados, a reciclagem de pneus antecede a liberao dos pneus novos importados.

"A resoluo n 258, apesar de estar em vigor e subsidiar a aplicao de multas pelo Ibama aos fabricantes de pneus e empresas que no cumpriram as metas de reciclagem, est desde 2005 em avaliao pelo instituto, seguindo o cronograma previsto no documento que a criou", explicou Lagarinhos.

Vantagens da recapagem e recauchutagem

Entre as vantagens da recapagem e recauchutagem de pneus esto o emprego de apenas 25% do material utilizado na fabricao de um pneu novo e a economia de 57 litros de petrleo por pneu reformado. "Isso representa uma economia de 798 milhes de litros de leo diesel por ano ao Brasil", disse.

Segundo o pesquisador, na Europa 20% dos veculos de passeio e utilitrios, 50% da frota de caminhes e 98% dos avies das linhas areas internacionais utilizam pneus remoldados. No Brasil esse mercado est crescendo e, em 2006, foram produzidos 2,4 milhes de pneus remoldados.

Recenseamento dos pneus velhos

Ainda so escassos, segundo Lagarinhos, os estudos sobre o volume de pneus produzidos, reciclados e dispensados na natureza no Brasil. "Calcula-se, segundo dados da literatura cientfica, a existncia de pelo menos 100 milhes de unidades descartadas no meio ambiente. Esse nmero leva em conta toda a produo da indstria de pneus, desde sua implementao no pas no fim da dcada de 1930", apontou.

O descarte de pneus usados chega a atingir, anualmente, a marca de quase um bilho de unidades em todo o mundo, segundo dados da Associao Japonesa dos Fabricantes de Pneus Automotivos.


Bibliografia:
Tecnologias utilizadas para a reutilizao, reciclagem e valorizao energtica de pneus no Brasil
Carlos Alberto F. Lagarinhos, Jorge Alberto Tenrio
Vol.: v.18 n.2

Thiago Romero
18/09/2008