Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Saco um saco pras tartarugas marinhas
País: Brasil
Fonte: http://blog.mma.gov.br/sacolasplasticas/
Data: 9/2009
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
Procurando novas informaes sobre os impactos das sacolas plsticas, me deparei com uma pequena nota em um dos blogs que visitei. Essa notinha, to pequena que chega a menosprezar sua tamanha importncia, falava sobre o perigo que as sacolas plsticas representam para as tartarugas marinhas. Fui procurar mais sobre esse assunto e encontrei duas fotos que me deixaram perplexo: um filhote de tartaruga com um pedao de sacola saindo da boca e a segunda registrava a autpsia de uma tartaruga, revelando um estmago cheio de restos de plstico. A tartaruga que mais sofre com as sacolas plsticas a tartaruga-de-couro (Dermochelys Coriacea), que est presente desde a Nova Guin at a Flrida, passando inclusive pelo Brasil. Este pequeno rptil (que pode chegar a pesar 900 Kg e medir 2 m) trata o oceano como se fosse uma poa dgua ao invs de uma grande imensido azul. Algumas tartarugas marinhas se mantm leais s suas praias de desova e certos locais de alimentao, o que as tornam mais vulnerveis a possveis stresses antrpicos. J a tartaruga-de-couro escolhe locais onde no exista uma presena forte do homem para desovar e com abundncia de guas-vivas, o que, a princpio, as tornaria menos vulnerveis Infelizmente, segundo a International Union for the Conservation of Nature, a tartaruga-de-couro est entre as espcies mais ameaadas de extino. Est no fato de comer as guas vivas o grande problema: as tartarugas confundem sacolas plsticas com guas-vivas, ingerindo o plstico - segundo o Projeto TAMAR, as bichinhas nem hesitam, abocanham mesmo as sacolas que lhes aparecem pela frente! Dados monstruosos nos mostram que 1 em cada 3 tartarugas j ingeriram plstico em algum momento de suas vidas e apresentam restos do material em seu sistema digestivo. Levando em conta que em uma hora a tartaruga-de-couro chega a comer 21 guas-vivas, imagina o que ela deve ingerir de plstico em uma vida toda?? As sacolas plsticas matam as tartarugas, diretamente, de duas maneiras: por asfixia ou ingesto - apenas 3g j so suficientes para obstruir o trato digestivo de um animal em idade mediana. J indiretamente, as sacolas plsticas vo ocupando o sistema digestivo do animal e diminuindo a superfcie de contato, o que implica em uma baixa absoro de nutrientes. Com essa m nutrio, temos uma baixa taxa de crescimento, enfraquecimento, tornando os bichinhos debilitados e propensos a ingerir mais sacolas, j que no conseguem perseguir suas presas e por haver sacolas em grande disponibilidade nos oceanos. As tartarugas habitam o nosso planeta desde a Era Jurssica e agora seu futuro est ameaado em virtude de nossos hbitos consumistas, sem a clareza sobre o impacto de nossas aes no meio ambiente que nos circunda. Pesquisadores fazem uma analogia das sacolas plsticas como sendo o fast food das tartarugas: uma fonte rpida de alimento, que no faz muito bem, que as deixa com sobrepeso e atrapalha seu desenvolvimento. No possumos dados suficientes sobre a poluio das sacolas plsticas na costa Brasileira, mas sabemos que toda a fauna e flora aqutica vm sendo afetadas. Aes de educao ambiental para a populao so fundamentais, para difundir a percepo de que nossas aes de consumo no ficam restritas apenas ao dia a dia, mas tm grande impacto posterior no meio ambiente, em especial, nos oceanos. Caso no consigamos educar os seres humanos, talvez possamos tentar adestrar toda a biota marinha para deixar de comer plstico Bruno Macedo Equipe de Consumo Sustentvel do MMA.