• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Aterro transmontano produz biogs e electricidade a partir do lixo
País: Brasil
Fonte: http://www.ionline.pt/conteudo/15502-aterro-transmontano-produz-biogas-e-electricidade-partir-do-lixo
Data: 11/2010
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
O aterro sanitrio da Terra Quente Transmontana est a produzir energia, a partir do lixo, suficiente para o consumo de uma localidade mdia transmontana, atravs de um sistema que diminui a poluio ambiental e gera receitas, anunciaram hoje os responsveis. O novo sistema consiste no aproveitamento dos gases libertados pelos resduos no aterro, o biogs, para produo de energia elctrica. O processo desenrola-se na central de valorizao energtica de biogs, que j est em funcionamento e ser oficialmente inaugurada, quarta-feira, pelo secretrio de Estado do Ambiente, Humberto Rosa. De acordo com a empresa Resduos do Nordeste, a central custou 1,15 milhes de euros e vai produzir anualmente 4500 MWh, o equivalente ao consumo mdio de 1500 habitaes por ano. A energia produzida vendida rede, gerando novas receitas para o aterro partilhado pelos 13 municpios do Nordeste transmontano. Com o aproveitamento do biogs dos resduos, o aterro torna-se tambm menos poluidor do ambiente, pois deixa de lanar na atmosfera os gases do lixo. J em funcionamento est a estao de Tratamento de guas Lixiviantes que tem como objectivo o tratamento dos lixiviados provenientes da deposio de resduos slidos urbanos pelo processo de evaporao. O secretrio de Estado inaugurar tambm este equipamento que custou mais 1,2 milhes de euros e foi comparticipado em 85 por cento pela Agncia Portuguesa do Ambiente. O aterro da Terra Quente est a desenvolver outro projecto para reaproveitar metade dos resduos produzidos na regio para produo de material orgnico e energia. O projecto foi apresentado no incio do ano com um oramento de 24 milhes de euros e a promessa de criao de 30 postos de trabalho. A inteno criar uma unidade de tratamento mecnico e biolgico por digesto anaerbica (compostagem) para transformar metade das mais de 50 mil toneladas de lixo produzidas pelos cerca de 157 mil habitantes em composto orgnico, que poder ser aplicado nos solos para fertilizao. Durante o processo de transformao ser tambm produzida energia elctrica, atravs da valorizao do biogs gerado.