• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Brasil o campeo do lixo eletrnico entre emergentes
País: Brasil
Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,brasil-e-o-campeao-do-lixo-eletronico-entre-emergentes,514495,0.htm
Data: 4/2011
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
URL: http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,brasil-e-o-campeao-do-lixo-eletronico-entre-emergentes,514495,0.htm
Curiosidade (texto):
O Brasil o mercado emergente que gera o maior volume de lixo eletrnico per capita a cada ano. O alerta da ONU, que nesta segunda-feira, 22, lanou seu primeiro relatrio sobre o tema e advertiu que o Brasil no tem nem estratgia para lidar com o fenmeno, e o tema sequer prioridade para a indstria. O Brasil tambm o pas emergente que mais toneladas de geladeiras abandona a cada ano por pessoa e um dos lderes em descartar celulares, TVs e impressoras. O estudo foi realizado pelo Programa da ONU para o Meio Ambiente (Pnuma), diante da constatao de que o crescimento dos pases emergentes de fato gerou maior consumo domstico, com uma classe mdia cada vez mais forte e estabilidade econmica para garantir emprstimos para a compra de eletroeletrnicos. Mas, junto com isso, veio a gerao sem precedente de lixo. A estimativa de que, no mundo, 40 milhes de toneladas de lixo eletrnico so geradas por ano. Grande parte certamente ocorre nos pases ricos. S a Europa seria responsvel por um quarto desse lixo. Mas o que a ONU alerta agora para a exploso do fenmeno nos emergentes e a falta de capacidade para lidar com esse material, muitas vezes perigoso. Para Achim Steiner, diretor-executivo do Pnuma, Brasil, Mxico, ndia e China sero os pases mais afetados pelo lixo, enfrentando "crescentes danos ambientais e problemas de sade pblica". Em meio a crticas ao Brasil, por no contar com dados sobre o assunto, a ONU optou por fazer sua prpria estimativa. O resultado foi preocupante. Por ano, o Brasil abandona 96,8 mil toneladas mtricas de PCs. O volume s inferior ao da China, com 300 mil toneladas. Mas, per capita, o Brasil o lder. Por ano, cada brasileiro descarta o equivalente a meio quilo desse lixo eletrnico. Na China, com uma populao bem maior, a taxa per capita de 0,23 quilo, contra 0,1 quilo na ndia. Outra preocupao da ONU com a quantidade de geladeiras que terminam no lixo no Brasil. O pas o lder entre os emergentes, ao lado da China. 0,4 quilo por pessoa ao ano. Em nmeros absolutos, seriam 115 mil toneladas no Brasil, contra 495 mil na China. No setor de impressoras, so outras 17,2 mil toneladas de lixo por ano no Brasil, perdendo apenas para a China. O Brasil tambm o segundo maior gerador de lixo proveniente de celulares, com 2,2 mil toneladas por ano e abaixo apenas da China. Entre as economias emergentes, o Brasil ainda o terceiro maior responsvel por lixo de aparelhos de TV. 0,7 quilo por pessoa ao ano, mesma taxa da China. Nesse setor, os mexicanos so os lderes. A avaliao da ONU de que o Brasil estaria no grupo de pases mais preparados para enfrentar o desafio do lixo eletrnico, principalmente diante do volume relativamente baixo de comrcio ilegal do lixo em comparao a outros mercados. Mas o alerta de que a situao hoje no satisfatria. Informaes sobre lixo eletrnico so escassas e no h uma avaliao completa do governo federal sobre o problema. A ONU ainda indica que falta uma estratgia nacional para lidar com o fenmeno, e que a reciclagem existente hoje no feita de forma sustentvel. As Naes Unidas ainda indicam que o problema no parece ser uma prioridade para a indstria nacional e que a ideia de um novo imposto no bem-vinda, diante da carga tributria no Pas. Diante da constatao, a ONU pediu que pases comecem a adotar estratgias para lidar com esse crescimento do lixo. O alerta sobretudo para o impacto ambiental e de sade que as montanhas de resduos txicos poderiam gerar. Hoje, parte importante desse lixo se acumula sem qualquer controle. A China o segundo maior produtor de lixo eletrnico do mundo (2,3 milhes de toneladas ao ano) atrs apenas dos Estados Unidos. Os especialistas estimam que, at 2020, o volume de resduos procedentes de computadores abandonados crescer 500% na ndia, e 400% na China e frica do Sul, em comparaes aos nveis de 2007. Em uma dcada, a quantidade ainda de telefones celulares abandonados na ndia e na China seria 18 e 7 vezes maior que a atual, respectivamente. J o nmero de televises e geladeiras no lixo seria duas vezes maior. Entre as solues, a ONU pede novas tecnologias de reciclagem, alm da criao os pases emergentes de "centros de gesto de lixo eletrnico". Um dos problemas a ser superado ainda seria a resistncia de empresrios que, na realidade, esto lucrando com o comrcio desse lixo eletrnico. Outro problema a falta de investimentos em infraestrutura. A ONU ainda prope como medida a exportao de parte desse lixo de pases emergentes aos ricos. Isso deveria ser utilizado principalmente para peas perigosas, como circuitos integrados e pilhas, que seria ento processado de forma adequada.