• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Brasileiros criam plstico biodegradvel que se decompe em 45 dias
País: Brasil
Fonte: http://idgnow.uol.com.br/mercado/2007/05/21/idgnoticia.2007-05-21.8640725136/
Data: 9/2011
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
URL: http://idgnow.uol.com.br/mercado/2007/05/21/idgnoticia.2007-05-21.8640725136/
Curiosidade (texto):
So Paulo - Em conjunto com pesquisadores franceses, cientistas criaram o material a partir de embalagens ps-consumo de PET. Um plstico biodegradvel que se decompe no solo em apenas 45 dias foi criado por pesquisadores brasileiros e franceses a partir de embalagens ps-consumo de PET, um polmero fabricado a partir da resina poli(tereftalato de etileno). O segredo para o desenvolvimento do novo polmero foi utilizar em sua sntese um outro tipo de plstico, no caso um polister aliftico (um tipo de polmero com cadeias abertas de molculas), para acelerar o processo de degradao. Por causa de sua estrutura molecular, composta por anis aromticos formados por seis tomos de carbono e seis tomos de hidrgenio em uma disposio especial de ligaes simples e duplas que se alternam , o PET considerado um polmero no biodegradvel, o que significa que, em condies ambientais de pH, presso e temperatura, ele no se decompe na natureza. J os polisteres alifticos so facilmente consumidos pelos microorganismos presentes no solo. Ao misturar os dois, conseguimos formular um produto altamente biodegradvel, conta a qumica e co-autora do trabalho Ana Paula Testa Pezzin, do Laboratrio de Biotecnologia da Universidade da Regio de Joinville (Univille), de Santa Catarina as outras instituies envolvidas no estudo so a Pontifcia Universidade Catlica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e a Universidade Pierre e Marie Curie, de Paris. Diversos produtos podero ser fabricados a partir do novo plstico biodegradvel, dependendo de suas propriedades (resistncia mecnica, trmica, porosidade etc.), que variam conforme o teor de PET e de polister aliftico utilizado em sua preparao.