• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Lixeira inteligente faz contato com recicladores
País: Brasil
Fonte: Setor Reciclagem
Data: 11/2011
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
A reciclagem de resduos do consumidor ainda controlada com as lixeiras coloridas para cada espcie de lixo. Isso no pode continuar assim. O fluxo de produtos para fora do domiclio tem de ser gerido com tanta inteligncia quanto o fluxo de produtos para dentro do domiclio. Imagine: voc decide que no quer mais seu celular velho e joga ele no lixo. Ento a sua lixeira l o cdigo do produto e decide se ele deve seguir para a reciclagem ou para um site de vendas de produtos usados, como o Mercado Livre. Pelo simples ato de jogar algo no lixo voc estaria ganhando dinheiro. Essa a ideia por traz do projeto de Valerie Thomas, professora de engenharia industrial e polticas pblicas da Universidade Georgia Tech, nos Estados Unidos, o Smarth Trash. Neste sistema os produtos so identificados por meio de um cdigo ou por rdiofrequncia. A lixeira tem um scanner, que l a etiqueta do eletrnico e disponibiliza online suas informaes especficas (como o nmero de srie, o nome do fabricante, etc) para uma empresa de reciclagem, uma de processamento de componentes txicos ou at mesmo diretamente para um site de leiles, como o Ebay. J existe um nmero considervel de fabricantes, varejistas, empresas de reciclagem e pesquisadores trabalhando para concretizar o Smart Trash. Entre eles esto representantes do Wal-Mart, Hewlett-Packard, da EPA (Enviromental Protection Agency) e desenvolvedores de cdigos de barra, todos unidos no Projeto PURE, cujo objetivo aperfeioar esse conceito e empurr-lo para a realidade. A reciclagem de resduos do consumidor ainda controlada com tecnologias de 1950 (como as lixeiras coloridas para cada espcie de lixo)", diz Valerie. "Claro que isso no pode continuar assim. O fluxo de produtos para fora do domiclio tem de ser gerido com pelo menos tanta inteligncia quanto o fluxo de produtos para dentro do domiclio".