• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Brasil campeo na gerao de lixo eletrnico por habitante
País: Brasil
Fonte: Mundo Sustentvel
Data: 11/2012
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
URL: http://www.mundosustentavel.com.br/2012/07/brasil-e-campeao-na-geracao-de-lixo-eletronico-por-habitante/
Curiosidade (texto):
O mundo est ficando pequeno demais para tanto lixo eletrnico. So aproximadamente 50 milhes de toneladas por ano. Os Estados Unidos lideram o ranking com trs milhes de toneladas, seguidos de perto pela China, com mais de dois milhes de toneladas anuais. Hoje, o lixo eletrnico cresce trs vezes mais que lixo convencional e, segundo a Organizao das Naes Unidas (ONU), a situao mais preocupante nos pases emergentes. Principalmente no Brasil, campeo na gerao de lixo eletrnico por habitante: meio quilo por ano. O problema que a maior parte desses resduos no tem ainda destinao adequada. Um risco para o meio ambiente e a sade. Os principais metais pesados so chumbo e so mercrio. Esses metais geralmente fazem mal para o aparelho respiratrio e tambm para o aspecto neurolgico, fala a coordenadora do Centro de Descarte de Reuso de Resduos de Informtica (CEDIR), Tereza Cristina Carvalho. O maior centro pblico de descarte e reuso de lixo eletrnico da Amrica Latina funciona num galpo de 450 metros quadrados, na Universidade de So Paulo (USP). Para o local so levados at 20 toneladas de resduos por ms. A maior concentrao de metal pesado est nos televisores de tubo que concentram at 6 kg de chumbo por unidade, ou nos antigos monitores de computador, que renem at 4 kg do mesmo metal cada um. Toneladas de veneno se misturam com diversos tipos de plsticos, metais e componentes, material jogado fora, mas que tem alto valor de mercado. Sem contar as mquinas que, em muitos casos, ainda funcionam. Do lado do galpo da USP, um grupo de catadores aprende a desmontar computadores do jeito certo. O curso atende a Poltica Nacional de Resduos Slidos, que prev a incluso dos catadores de lixo. So duas lies principais: a primeira a questo da segurana, ento de como no se contaminar trabalhando com lixo eletrnico e a segunda, que mais interessante para os catadores a questo da renda. Em mdia, a desmontagem e a separao de cada uma das peas valoriza em at 10 vezes, o valor da sucata de ferro, explica o estudante de mestrado da Poli-USP, Walter Akio Goya. Antigamente o que era vendido por R$ 50 hoje em dia a gente chega a alcanar at R$ 1.500 mil com a venda, fala o catador Andr Luis Gonalves. Cada tipo de material vai para uma empresa de reciclagem diferente. O centro j doou e emprestou 800 computadores reciclados para projetos sociais e a prpria USP usa componentes e peas no conserto de seus computadores. Quem tambm est aprendendo a transformar lixo eletrnico em dinheiro a garotada do Complexo do Alemo, no Rio de Janeiro. A Fbrica Verde j formou 360 tcnicos em informtica. Para cada trs computadores doados, um reconstrudo e entregue para associaes de moradores, ONGs e creches que atuam nas comunidades. Primeiro daqui eu vou levar para minha comunidade. Eu comeo com meus parentes. Automaticamente, quando voc comea a se associar a um, um espalha pro outro e assim vai crescendo. Hoje eu sou uma pessoa na Fbrica Verde, mas amanh um grupo todo, avisa Geraldo Natal de Almeida. A Fbrica Verde j doou 20 toneladas de material reciclado para reaproveitamento em vrios setores e tambm oferece cursos de empreendedorismo. A gente tem exemplos de jovens que de alguma forma tinham alguma ligao com o trfico e hoje encontram uma perspectiva diferente. Quer dizer, uma nova forma de ganhar a vida e ao mesmo tempo tambm saindo daqui com uma conscincia social completamente diferente, enfim que na realidade nem existia, afirma a coordenadora do projeto Fbrica Verde, Ingrid Gerolimich. Andr Trigueiro