Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: O ciclo do Lixo Eletrnico - viso geral
País: Brasil
Fonte: "Lixo Eletrnico"
Data: 11/2012
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
URL: http://solixoeletronico.blogspot.com.br/2012/04/o-ciclo-do-lixo-eletronico-visao-geral.html
Curiosidade (texto):
Nos ltimos anos, cada vez mais pessoas tm se ocupado de questes relacionadas ao que este blog chama de lixo eletrnico. Quem acompanha o blog j conseguiu perceber que a situao realmente crtica: com a acelerao da produo e do consumo de eletrnicos, o volume desse tipo de descarte cresce exponencialmente, deixando o planeta sem espao para armazenamento e ainda menos capacidade de reciclagem. A julgar pela maneira como as coisas so hoje, as alternativas para resolver esse tipo de problema so insuficientes. Precisamos mudar. Uma viso ampla sobre o assunto ajuda a identificar uma srie de elementos que podem ser ajustados para chegar a uma situao mais prxima da sustentabilidade, e que vo muito alm do mero gerenciamento de descartes. Este post o primeiro de uma srie que pretende juntar algumas idias que eu e outras pessoas fomos aprendendo e desenvolvendo ao longo da evoluo da rede Meta Reciclagem nos ltimos anos, para colaborar com o debate pblico e ir alm do diagnstico, propondo algumas aes. De maneira alguma pretendo esgotar o tema: quem tiver outras idias, sinta-se vontade para enviar comentrios, ou usar o formulrio de contato para mandar idias, textos e qualquer outra colaborao. Com certeza, muito do que vou escrever no novidade. Quem quiser, mande tambm sugestes de referncia, bibliografia e outros recursos. O que nos interessa o dilogo. Pessoalmente, eu acho que muitas vezes falta uma viso sistmica: pesquisadores de diferentes reas ficam tentando resolver problemas especficos de maneira isolada, sem pensar nas outras etapas do ciclo. Para facilitar, e inspirado pelo vdeo A Histria das Coisas, de Annie Leonard, quero propor uma tentativa de mapear o ciclo completo dos eletrnicos e indicar aes especficas nas diferentes partes. Esse mapeamento vai incorrer em algum idealismo, dar uma importncia desproporcional para aes crticas que por enquanto so praticamente inexistentes. Tambm vai cair em algum reducionismo didtico. Por exemplo, produo e consumo so muito mais um campo de influncias mtuas do que uma seqncia direta. Mas vamos tentar uma primeira enumerao: Produo Consumo Descarte Reuso Reciclagem