Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Logstica Reversa: O que , pensamos em que.
País: Brasil
Fonte: http://logisticareversa.wordpress.com/2012/11/30/logistica-reversa-o-que-e-pensamos-em-que/
Data: 6/2013
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
URL: http://logisticareversa.wordpress.com/2012/11/30/logistica-reversa-o-que-e-pensamos-em-que/
Curiosidade (texto):
Quando falamos em logstica imaginamos um fluxo de produtos, desde o momento em que gerada a necessidade de atendimento de um produto at sua entrega ao cliente que estar aguardando a sua chegada. Mas importante ressaltar que existe um fluxo reverso, do ponto de consumo at o ponto onde este produto teve seu incio de produo. Este fluxo reverso precisa ser gerenciado para obteno de ganhos expressivos nos negcios. Ainda falamos poucos sobre logstica reversa, porm este assunto est se tornando cada vez mais comum em boa parte das empresas. Podemos usar como exemplo as empresas de gs de cozinha, que necessitam do botijo vazio para fazer o reabastecimento. Os clientes que necessitam comprar um novo botijo abastecido tem que entregar o vazio, pagando somente o valor do gs. Nas grandes cidades as empresas que vendem gua em gales de 20 litros adotam o mesmo critrio. Ouvimos muito nos dias de hoje a palavra reciclagem, o Brasil o segundo maior em reciclagem de latas de alumnio. notvel no seu grande aproveitamento de matria-prima reciclada, tendo desenvolvido meios inovadores na coleta de latas descartadas. Com o ndice de 96,2% na reciclagem de latas de alumnio para bebidas em 2005, o pas se manteve pelo quinto ano consecutivo na liderana do ranking mundial dessa atividade. Segundo dados divulgados pela Abralatas e pela ABAL ( Associao Brasileira do Alumnio ), o Brasil atingiu a marca de 127,6 mil toneladas de latas de alumnio recicladas em 2005. So aproximadamente 9,4 bilhes de latas no ano ou 2,6 milhes de latas recicladas diariamente. Este nmero expressivo proveniente da necessidade que muitas pessoas tem, fazendo da reciclagem uma fonte de renda familiar. Para Stock 1998 Logstica reversa se refere ao papel da logstica no retorno de produtos, reduo da fonte, reciclagem, substituio de materiais, reuso de materiais, disposio dos resduos, disposio de resduos, reforma, reparao e remanufatura Na da indstria onde o processo de gerenciamento da logstica reversa mais recente, destacamos as indstrias de eletrnicos, cosmticos, varejo e automobilstica, que conseguem ganhos expressivos evitando desperdcios. Estes setores tambm tm que lidar com o fluxo de retorno de embalagens e produtos, de devolues de clientes ou do reaproveitamento de materiais para produo. Com a preocupao em preservar o meio ambiente, existe uma clara tendncia de que a legislao ambiental caminhe no sentido de tornar as empresas cada vez mais responsveis pelo ciclo de vida de seus produtos. Isto significa ser legalmente responsvel pelo seu destino aps a entrega dos produtos aos clientes e do impacto que estes produzem no meio ambiente. Os fornecedores acreditam que os clientes valorizam as empresas que possuem polticas mais liberais de retorno de produtos. Esta uma vantagem percebida onde os fornecedores ou varejistas assumem os riscos pela existncia de produtos danificados. Isto envolve, claro, uma estrutura para recebimento, classificao e expedio de produtos retornados. Alm disto, os esforos em desenvolvimento e melhorias nos processos de logstica reversa podem produzir tambm retornos considerveis, que justificam os investimentos realizados. Por traz do conceito de logstica reversa est um conceito mais amplo que o do ciclo de vida. A vida de um produto, do ponto de vista logstico, no termina com sua entrega ao cliente. Produtos se tornam obsoletos, danificados, ou no funcionam e deve retornar ao seu ponto de origem para serem adequadamente descartados, reparados ou reaproveitados. Do ponto de vista financeiro, fica evidente que alm dos custos de compra de matria-prima, de produo, de armazenagem e estocagem, o ciclo de vida de um produto inclui tambm outros custos que esto relacionados a todo o gerenciamento do seu fluxo reverso. Do ponto de vista ambiental, esta uma forma de avaliar qual o impacto que um produto sobre o meio ambiente durante toda a sua vida. Esta abordagem sistmica fundamental para planejar a utilizao dos recursos logsticos de forma contemplar todas as etapas do ciclo de vida dos produtos. Por: Ewerton Ribeiro de Jesus, aluno do curso Sup. Tc. Logstica 2 Semestre. UMC Thalison Zaghi Chagas, aluno do curso Sup. Tc. Logstica 2 Semestre. UMC Jos Valdinar Bezerra, aluno do curso Sup. Tc. Logstica 2 Semestre. UMC