Textos e Trabalhos Ténicos

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:









Encontrado(s) 23 Trabalho(s) Técnico(s) no assunto CATADORES DE LIXO

Clique para acessarA organizao em rede dos catadores de materiais reciclveis na cadeia produtiva reversa de ps-consumo da regio da grande Florianpolis: uma alternativa de agregao de valor

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: Este trabalho relata a pesquisa realizada sobre integrantes da cadeia produtiva reversa de ps-consumo da regio da grande Florianpolis, Santa Catarina, Brasil. Tem-se como objetivo propor uma forma de organizao logstica para as asso- ciaes de catadores de materiais reciclveis realizarem a comercializao direta de seus produtos s indstrias recicladoras, visando agregao de valor. Os re- sultados da pesquisa mostraram que a partir da organizao das associaes de catadores em rede, todas elas conseguiriam comercializar produtos diretamente com indstrias recicladoras, e, juntas, obteriam uma agregao de 32% no valor dos produtos comercializados.

Clique para acessarCATADOR: PROFISSO

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: Um estudo do processo de construo identitria, do catador de lixo ao profissional catador. Jardim Gramacho, de 1996 aos dias atuais.

Clique para acessarCatadores de "lixo que no mais lixo" : um estudo da dimenso do reconhecimento social a partir de sua experincia de organizao coletiva no Rio Grande do Sul

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: De uma acurada anlise das transformaes societais contemporneas, includas no que Nancy Fraser denomina de uma era ps-socialista, surge das mos da autora a chamada perspectival dualism que logra para si a incumbncia de se tornar uma possibilidade de interpretao alternativa para os emergentes conflitos culturais, seus decrescentes interesses materiais e os possveis remdios adotados para contorn-los. Este modelo comea a tomar forma a partir da publicao, em meados da dcada de 1990, de um de seus textos mais influentes e discutidos: Da redistribuio ao reconhecimento? Dilemas da justia na era pssocialista. Partindo do referencial terico desenvolvido pela autora desde ento, o presente trabalho pretende discuti-lo tomando a experincia de organizao dos catadores de materiais reciclveis no estado do Rio Grande do Sul como sua base emprica. A anlise se centra na formao de dois grupos diversos que resultaram desse processo, cuja ao social por eles empreendida foi vista aqui como fruto de diferentes reivindicaes de reconhecimento social, expressas na nfase dada s dimenses econmica e poltica. Ao procurar alargar o escopo da categoria do reconhecimento possibilidade de integrar novas dimenses que a constituam intrinsecamente status econmico (reciclador e co-gestor) e status poltico (militante) , esta pesquisa coaduna o intuito de revelar aspectos que sirvam para evidenciar a dinmica de construo do reconhecimento por ambos os grupos, bem como os padres culturais que a possam constranger e/ou favorecer, e de propor desdobramentos conceituais que advieram, em grande parte, do dilogo que se estabeleceu entre os dados empricos e as premissas conceituais que embasam a teorizao da autora.

Clique para acessarCatadores de" lixo que no mais lixo": Um estudo da dimenso do reconhecimento social a partir de sua experincia de organizao coletiva no Rio Grande do Sul

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: De uma acurada anlise das transformaes societais contemporneas, includas no que Nancy Fraser denomina de uma era ps-socialista, surge das mos da autora a chamada perspectival dualism que logra para si a incumbncia de se tornar uma possibilidade de interpretao alternativa para os emergentes conflitos culturais, seus decrescentes interesses materiais e os possveis remdios adotados para contorn-los. Este modelo comea a tomar forma a partir da publicao, em meados da dcada de 1990, de um de seus textos mais influentes e discutidos: Da redistribuio ao reconhecimento? Dilemas da justia na era pssocialista. Partindo do referencial terico desenvolvido pela autora desde ento, o presente trabalho pretende discuti-lo tomando a experincia de organizao dos catadores de materiais reciclveis no estado do Rio Grande do Sul como sua base emprica. A anlise se centra na formao de dois grupos diversos que resultaram desse processo, cuja ao social por eles empreendida foi vista aqui como fruto de diferentes reivindicaes de reconhecimento social, expressas na nfase dada s dimenses econmica e poltica. Ao procurar alargar o escopo da categoria do reconhecimento possibilidade de integrar novas dimenses que a constituam intrinsecamente status econmico (reciclador e co-gestor) e status poltico (militante) , esta pesquisa coaduna o intuito de revelar aspectos que sirvam para evidenciar a dinmica de construo do reconhecimento por ambos os grupos, bem como os padres culturais que a possam constranger e/ou favorecer, e de propor desdobramentos conceituais que advieram, em grande parte, do dilogo que se estabeleceu entre os dados empricos e as premissas conceituais que embasam a teorizao da autora.

Clique para acessarCatadores e triadores de resduos slidos : documentao do primeiro encontro international

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo

Clique para acessarCooperativas populares: a (re)qualificao do trabalho dos catadores de resduos slidos reciclveis em Ourinhos e Santa Cruz do Rio Pardo - SP

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: Um dos maiores problemas de nosso sculo tem sido encontrar uma soluo para o crescimento das cidades, pois a sociedade urbana amplamente consumidora e, conseqentemente, tambm um grande produtor de lixo. Durante dcadas o lixo foi colocado de lado na agenda das administraes governamentais e da prpria sociedade. Mas como numa revolta da criatura contra o criador, o lixo passou a interferir dramaticamente na qualidade de vida da sociedade. O crescimento populacional, o aumento do consumo e de produo de lixo, aliados a um certo descaso na resoluo do problema tem trazido consigo inmeras conseqncias, como a queda da qualidade de vida dos cidados, pois quando os resduos slidos no so tratados de forma adequada, pode ocorrer a contaminao do solo e da gua, alm de propiciar a proliferao de inmeras doenas atravs de diferentes vetores. Dessa forma, a questo do lixo envolve aspectos sanitrios, ambientais e de sade pblica. Essa situao tem sido agravada com a presena constante de catadores em lixes, e que com muita freqncia tem sido desconsiderados ou relegados a um segundo plano pelos administradores pblicos e privados. Nossa preocupao exatamente com a ponta desta cadeia: os catadores de material reciclvel. O crescimento do desemprego juntamente com as modificaes no mercado de trabalho e na prpria organizao econmica no Brasil e no mundo est desencadeando um forte processo de expanso de novas formas de organizao do trabalho e da produo. Um grande nmero de experincias coletivas de trabalho e produo est se disseminando em todo o pas. So diversas formas de cooperativas de produo, de servios, de crdito e de consumo, associaes de produtores, empresas em regime de autogesto, bancos comunitrios e organizaes populares, no campo e na cidade, que compem a chamada "economia solidria".

Clique para acessarImportncia ambiental do trabalho dos catadores de materiais reciclveis em Goinia Gois Brasil

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo

Clique para acessarLixo, trabalho e sade: um estudo de caso com catadores em um aterro metropolitano no Rio de Janeiro, Brasil

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo

Clique para acessarO catador de resduos slidos reciclveis no contexto da sociedade moderna

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo

Clique para acessarO CONSUMIDOR DO LIXO - A RELAO DOS CATADORES DE MATERIAL RECICLVEL COM OS BENS E MERCADORIAS QUE RETIRAM DO LIXO

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: Em um mundo onde consumir o principal apelo e o lixo, o produto mais abundante, um grupo lida com os bens e mercadorias encontradas nas latas de lixo espalhados pela cidade de uma maneira muito peculiar. So os catadores de materiais reciclveis. Um grupo que depende do lixo para sobreviver, e tambm para ter acesso aos bens de consumo.

Clique para acessarO papel dos catadores nos programas de coleta seletiva

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo

Clique para acessarO papel scio-ambiental da coleta seletiva no municpio do Natal - RN-Brasil

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: #

Clique para acessarOs catadores de lixo e o processo de emancipao social

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: O artigo tece comentrios sobre o processo de organizao de duas associaes de catadores de materiais reciclveis. Traz tona a problemtica da excluso, enfatizando a necessidade de insero dos segmentos sociais marginalizados. Focaliza, como caminho de insero, a recriao de espaos com ambiente apropriado ao desenvolvimento da criatividade e, conseqentemente, ao processo de emancipao social. Apresenta o Pequeno Grupo como solo provisrio para existncia humana, onde o poder decisrio se manifesta a partir da interao dinmica entre o singular e o coletivo.

Clique para acessarOs Catadores de Materiais Reciclveis e a Gesto de Resduos

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo

Clique para acessarOS CATADORES DE RESDUOS E A RESPONSABILIDADE SCIO-AMBIENTAL: A PERCEPO SOBRE SEU LUGAR SOCIAL

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: A preocupao da sociedade com aes voltadas para uma melhor relao com o meio ambiente tm se intensificado nas ltimas dcadas. Uma das dimenses dessa questo est relacionada com o destino dos resduos slidos e o processo de reciclagem. Um novo ator social emergiu desse cenrio, conhecidos como catadores de lixo. A situao social desses sujeitos insere-se na dubiedade da dimenso ambiental, pois, ao mesmo tempo em que, o lixo lhes proporciona trabalho informal, por outro lado as condies de vida e salubridade nem sempre correspondem dignidade social. O texto analisa a percepo desses atores com relao a esta contradio, no sentido de apurar que nvel de compreenso eles possuem sobre as possibilidades e limitaes que este tipo de insero social tem possibilitado. Trata-se de um estudo exploratrio. Utilizou-se como meio de investigao a pesquisa de campo. Foram entrevistados: 21 catadores de lixo, da regio da AMURES (Associao dos Municpios da Regio Serrana de Santa Catarina), que coletam na rua e carroceiros. Os resultados indicam que a contraditoriedade desse vnculo social nem sempre percebida de forma clara pelos envolvidos. Alguns relatam sentir orgulho de sua atividade e tambm o ganho de renda gerado que tem proporcionado melhores condies de vida para ele e sua famlia se comparado a situao anterior que vivia. Esse processo gera uma dubiedade, pois de um lado ameniza os processos de excluso social de pessoas, que no encontram outras formas de sobrevivncia considerada pelos entrevistados como melhores que a anterior, mas de outro mascara a ineficincia do sistema produtivo que no capaz de lidar com o ciclo que relaciona natureza matria-prima produto consumo descarte. A pesquisa demonstrou que existe um grande distanciamento da ao dos catadores (elo inicial da cadeia) com as organizaes.

Clique para acessarOs significados do lixo para garis e catadores de Fortaleza (CE, Brasil)

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: Este trabalho objetivou trazer uma dis- cusso sobre os significados do lixo a partir da viso de um grupo de garis e catadores residentes em Fortaleza/CE. Ao usar a metodologia qualita- tiva, sob a tcnica da entrevista individual, esse trabalho traz os resultados obtidos em uma pes- quisa que vem sendo desenvolvida com os traba- lhadores da coleta de lixo domiciliar em Fortale- za/CE e os que trabalham em uma usina de tria- gem de materiais reciclveis. Durante todo o pe- rodo de aproximao com o mundo do lixo foram realizadas oito entrevistas. Aps transcri- o e interpretao dos depoimentos percebemos que o lixo visto pelos entrevistados como algo perigoso sade (pelos diversos agravos provoca- dos) e tambm como meio de sobrevivncia (em decorrncia da no insero no mercado de tra- balho por falta de estudo e/ou oportunidade). Palavras-chave Lixo, Sade do trabalhador

Clique para acessarPERCEPO DOS CATADORES DO LIXO DO JANGURUSSU EM FACE DOS RISCOS AMBIENTAIS E OCUPACIONAIS SADE

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: O presente estudo tem por finalidade descrever as dificuldades de trabalho vivenciadas por um grupo de catadores de lixo aproveitvel num lixo situado na malha urbana de Fortaleza, segundo a ptica dessas pessoas. Procura tambm correlacionar o ambiente de catao com os fatores de risco e danos sade relacionados a esse tipo de ocupao.

Clique para acessarPROJETO JANGURUSSU, RECICLANDO A VIDA: UMA ANLISE SCIO-AMBIENTAL NA VISO DO CATADOR

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: O desencadeamento das questes sociais se agrava em um cenrio onde a m distribuio de renda gera condies de extrema pobreza, estruturalmente enraizada e atualmente agravada com a crise do desemprego. Nas grandes cidades muitos desempregados se transformam em catadores de lixo que buscam encontrar nos lixes seu sustento dirio. Este estudo trata das anlises do projeto Jangurussu, Reciclando a Vida, implantado em Fortaleza-CE, observando os aspectos scio-ambientais, as potencialidades e dificuldades enfrentadas em seu desenvolvimento na viso do catador. Para tanto, optou-se pelo estudo de caso, utilizando procedimentos indicados na pesquisa do tipo qualitativa, composta pela entrevista estruturada e a anlise de documentos. Percebe-se que os catadores sentiram-se valorizados ao sarem dos lixes, considerando que sobreviviam com padres mnimos de vida e de dignidade, pois consumiam muitas horas trabalhando, as quais eram subtradas educao, aos cuidados com a sade, ao lazer, ao exerccio da cidadania. No entanto, a renda gerada atravs do projeto, embora idealize melhorias, ainda no supre as necessidades bsicas do catador e de sua famlia.

Clique para acessarRepensando fronteiras entre o lixo e o corpo : estudo etnogrfico sobre o cotidiano de recicladores, catadores e carroceiros na Ilha Grande dos Marinheiros

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: Este estudo consiste em uma etnografia realizada com pessoas que trabalham com o lixo na Ilha Grande dos Marinheiros (Ilha que compe o Parque Estadual Delta do Jacu, localizada na regio metropolitana de Porto Alegre), tendo por temtica suas concepes e prticas corporais. O universo de investigao compreende os seguintes grupos: recicladores, pessoas que executam seus ofcios em galpes de triagem; catadores, que trabalham separando o lixo em suas residncias; e carroceiros, sujeitos que utilizam carroas na coleta do material. O objetivo do trabalho, nessa perspectiva, compreender o significado do lixo para as pessoas que com ele possuem algum tipo de relao cotidiana, a fim de buscar o entendimento de como essa concepo particular atualiza-se nas suas representaes e usos do corpo na reciclagem do lixo; bem como compreender as implicaes de sade nas suas prticas cotidianas, atravs do contexto social de sua produo de sentido. A observao participante e as entrevistas, dessa forma, possibilitaram o apontamento de algumas concluses que versam sobre a existncia de uma naturalizao, assim como de uma ressignificao positivada do lixo por parte dos ilhus que executam com ele suas tarefas dirias. Em decorrncia disso, percebeu-se formas especficas de comportamento e usos do corpo, enfocadas em desdobramentos de sade no cotidiano, relacionados a essa percepo particular do lixo, que podem ser aqui resumidas: a forma instrumental da utilizao do corpo no trabalho; as possveis marcas corporais, como a dor e uma preocupao esttica especfica; a percepo da doena associada ao trabalho e ao lixo; o relacionamento com a equipe do posto de sade local.

Clique para acessarResgate de jovens catadores do aterro Nova Esperana - BA

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo

Clique para acessarSade coletiva, resduos slidos urbanos e os catadores de lixo

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: O artigo aborda a problemtica ambiental da produo e da gerao de resduos slidos urbanos, destacando o conceito de sade e de ambiente enquanto representao social. A partir de uma reviso bibliogrfica, discute a incorporao da temtica sade e ambiente no campo de conhecimento e prticas de interconexo com a sade coletiva. Associa nesse contexto a questo da excluso social gerada pela forma de produo e de consumo da sociedade ps-moderna, introduzindo os catadores de lixo, grupo populacional vulnervel.

Clique para acessarTRABALHADORES NA RECICLAGEM DO LIXO: DINMICAS ECONMICAS, SOCIOAMBIENTAIS E POLTICAS NA PERSPECTIVA DE EMPODERAMENTO

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: Esta pesquisa enfoca as dinmicas econmicas, socioambientais e polticas de organizao, de construo da identidade coletiva e de empoderamento de trabalhadores em associaes de reciclagem, levando-se em conta suas relaes com diversos agentes externos. A escolha do objeto deste estudo prende-se a dois aspectos principais: caracterizao dessa atividade como uma ocupao em estruturao e processo de reconhecimento, representando uma possibilidade de sustentabilidade e autonomia para setores da populao de baixa renda em pases em desenvolvimento; e a uma situao peculiar de relao entre Estado e sociedade, na qual as associaes de catadores/recicladores interagem simultaneamente com rgos dos governos municipais respectivos, do Governo Estadual e com entidades no-governamentais, como setores da Igreja Catlica e organizaes no-governamentais (ONGs) nacionais e internacionais. Atravs da anlise comparativa das caractersticas de trs associaes de reciclagem na Regio Metropolitana de Porto Alegre (RMPA), verificam-se resultados diferenciados no que diz respeito a processos internos de organizao do trabalho e de participao nas decises, bem como em relao s percepes, motivaes e expectativas dos catadores/recicladores quanto sua ocupao.

Clique para acessarViver do lixo ou no lixo? A relao entre sade e trabalho na ocupao de catadores de material reciclvel cooperativos no Distrito Federal Estudo exploratrio

Idioma: Portugus
Assunto: Catadores de lixo
Resumo: Este um estudo piloto, de carter exploratrio, como objetivo de testar uma metodologia de investigao sobre a relao entre sade e trabalho na ocupao de catadores de material reciclvel cooperativados no Distrito Federal. Utilizou-se como referencial terico a Psicodinmica do Trabalho. A coleta dos dados foi realizada por meio de observao livre do ambiente de trabalho dos catadores e de quatro entrevistas individuais semi-estruturadas. Os dados foram tratados mediante anlise de contedo do tipo categorial temtica. Os resultados indicam que, para os catadores, o trabalho com o lixo parece adquirir sentido de sobrevivncia. Para eles, sade ter condio para trabalhar, e a identidade profissional se apresenta corno possibilidade de incluso social. A relao entre as precrias condies de trabalho e os riscos e danos sade negada pelos trabalhadores. Outros estudos devem ser realizados, com enfoque multimtodo nacoleta de dados, para confirmar e ampliar os resultados encontrados.