Textos e Trabalhos Ténicos

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:







Ttulo: Biorreatores relatrio da US EPA
Data de Publicação: 1/1/2002
Idioma: Portugus
Autor:

EPA

Email:

Assunto: Bioreatores
Resumo: O site http://www.epa.gov/epaoswer/non-hw/muncpl/
landfill/bioreactors.htm fornece uma nova adio ao web site da Agncia de Proteo Ambiental dos Estados Unidos (US EPA) sobre a degradao da matria orgnica em aterros sanitrios
Texto Completo do Documento
Um aterro biorreator transforma e degrada rapidamente o lixo orgnico. O incremento da degradao e estabilizao dos resduos conseguido atravs da adio de lquido e ar para favorecer os processos microbianos. Esse conceito de biorreator se diferencia do enfoque tradicional de selagem a seco de aterro municipal. Aterros biorreatores no tm sempre um mesmo e nico projeto, que depender do processo operacional aplicado. Existem trs diferentes tipos de configuraes de aterros biorreatores:
Aerbico Em um aterro biorreator aerbico, o lquido de lixiviao removido da camada inferior e enviada por tubulaes a tanques de estocagem, depois, faz-se recircular, de modo controlado, esse lquido pelo aterro. Injeta-se ar na massa de resduos, usando poos verticais ou horizontais, para incentivar a atividade aerbica e acelerar a estabilizao do lixo.
Anaerbico Em um aterro biorreator anaerbico, adicionam-se lquidos massa de resduos na forma de guas de lixiviao e de outras fontes para obter nveis timos de umidade. A biodegradao ocorre na ausncia de oxignio (anaerobicamente) e produz gases de aterro. Esses gases, principalmente o metano, podem se recolhidos para minimizar as emisses de gases estufa e para serem aproveitados em projetos energticos.
Hbrido (Aerbico-Anaerbico) O aterro biorreator hbrido acelera a degradao do lixo atravs de um tratamento aerbio-anaerbio seqencial, para degradar rapidamente os resduos orgnicos das camadas superiores do aterro e coletar o gs das camadas inferiores. Operaes hbridas produzem o comeo da metanognese em menos tempo do que os aterros aerbicos.
A Associao Norte-Americana de Resduos Slidos (SWANA) definiu um aterro biorreator como sendo qualquer aterro ou clula de aterro da classe D, no qual ar ou gua injetado de forma controlada na massa de resduos para acelerar ou melhorar a bioestabilizao do lixo. A Agncia de Proteo Ambiental dos Estados Unidos (EPA) est atualmente coletando informaes sobre as vantagens e desvantagens dos aterros biorreatores atravs da anlise de casos de aterros existentes e de dados adicionais, de modo que a EPA possa identificar padres especficos de biorreatores ou recomendar parmetros de operao.
Caractersticas exclusivas dos aterros biorreatores.
O biorreator acelera a decomposio e estabilizao do lixo. No mnimo, guas de lixiviao so injetadas no biorreator para estimular o processo natural de biodegradao. Freqentemente, os biorreatores necessitam de outros lquidos, como gua de chuva, gua de esgoto e lamas residuais de estaes de tratamento de esgotos, para suplementar a gua de lixiviao e favorecer o processo microbiolgico mediante o controle do contedo de umidade; a diferena com os aterros nos quais o manejo dos lquidos se limita a fazer recircular a gua de lixiviao. Aterros nos quais s se faz recircular a gua de lixiviao podem no operar necessariamente como biorreatores otimizados.
O contedo de umidade o fator mais importante para promover a acelerao da decomposio. A tecnologia do biorreator est baseada na manuteno do timo contedo de umidade perto da capacidade do campo (aproximadamente de 35 a 65%) e na adio de lquidos, sempre que for preciso, para manter essa porcentagem. O contedo de umidade, combinado com a ao biolgica natural dos micrbios, descompe o lixo. Os micrbios podem ser tanto aerbios quanto anaerbios. Um efeito colateral do biorreator produzir, em uma unidade anaerbica, gases de aterro (GDA) como o metano, muito cedo na vida do aterro, e em uma proporo total muito mais alta que nos aterros sanitrios tradicionais.
Vantagens potenciais dos aterros biorreatores:
A decomposio e a estabilizao biolgica dos resduos em um aterro biorreator pode ocorrer em muito menos tempo que em um aterro tipo selagem a seco tradicional, com uma diminuio potencial dos riscos de longo prazo ao ambiente<