O Governo de Minas Gerais concluiu o estudo que aponta as estratégia economicamente viáveis para o tratamento integrado de resíduos sólidos nos 12 municípios que integram o consórcio intermunicipal do Centro-Oeste.